Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Vacina 100% brasileira contra Covid-19 deve entrar em fase de testes em maio

Entre os quatro projetos que pretendem iniciar a fase de teste em humanos ainda neste ano, o mais avançado seria o da Farmacore

Por: Por ATribuna.com.br  -  31/01/21  -  20:20
Brasil registra 3 milhões de casos de covid-19 e 101 mil mortes
Brasil registra 3 milhões de casos de covid-19 e 101 mil mortes   Foto: Estadão Conteúdo

Os projetos de vacinas brasileiras contra a Covid-19 estão começando a ter chances reais de seguir em frente. É o que se espera para o momento pós-pico do coronavírus, uma vez que as doses de vacinas estrangeiras são insuficientes para a população do país.


As vacinas do Instituto do Coração, do Instituto de Ciências Biológicas da USP, da start-up paulista Farmacore e da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) pretendem iniciar a fase de teste em humanos ainda neste ano.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


O projeto de pesquisa que se diz mais avançado com sua vacina é o da Farmacore. Por isso, se espera que as fases 1 e 2 do ensaio clínico ocorram em maio.


No ano passado, os projetos tiveram que dividir a verba de R$ 9 milhões do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. Porém, para 2021, o ministro Marcos Pontes já ousou prever que haverá a vacina 100% brasileira.


Além disso, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o ministro Pontes está próximo de acertar R$ 300 milhões para a produção das vacinas nacionais. Porém, ele não falou sobre a origem do dinheiro.


Verba


Apenas para a demonstração de que a fórmula consegue proteger um organismo, um imunizante precisa de R$ 1,5 milhão. Em seguida, pelo menos R$ 10 milhões até o ensaio clínico. E o mais caro são os testes em humanos.


*Com informaões do portal O Globo


Logo A Tribuna