Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Último da UE a vacinar contra a covid-19, Holanda inicia campanha de imunização

Funcionários de hospitais que mantêm contato com os pacientes de covid-19 serão os primeiros a receber a vacina, ao lado dos trabalhadores das casas de repouso do sul do país

Por: Do Estadão Conteúdo  -  06/01/21  -  15:52
Atualizado em 06/01/21 - 15:57
Israel registrou quase 400 mil casos de covid-19 e 3.210 mortes
Israel registrou quase 400 mil casos de covid-19 e 3.210 mortes   Foto: Reprodução/Unsplash

Quase duas semanas após os primeiros países da União Europeia (UE) lançarem campanhas nacionais de imunização, a Holanda iniciou nesta quarta-feira, 6, a vacinação contra a covid-19. Com isso, o país se torna o último integrante do bloco a iniciar a campanha de vacinação. A profissional da saúde Sanna Elkadiri, de 39 anos, foi a primeira cidadã holandesa a receber a vacina no país. Ela trabalha como cuidadora em uma casa de repouso na cidade de Veghel, no sul do país.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


O governo holandês foi muito criticado por sua lentidão para começar o processo de vacinação. Nesta semana, o primeiro-ministro Mark Rutte afirmou que o país tinha focado na aquisição de doses do imunizante produzido pela Oxford/AstraZenaca, que ainda não tem recomendações sobre seu uso na UE. No momento, estão sendo aplicadas vacinas produzidas pela Pfizer/BioNTech.


O ministro da Saúde, Hugo de Jonge, classificou o início da vacinação como "um momento incrível" em declaração à imprensa. "Finalmente, depois de 10 meses estamos começando a acabar com a crise", disse. Funcionários de hospitais que mantêm contato com os pacientes de covid-19 serão os primeiros a receber a vacina, ao lado dos trabalhadores das casas de repouso do sul do país. (Com agências internacionais).


Logo A Tribuna