Presos usam madeira apreendida para fazer casa para cachorros adotados por policiais

A nova moradia de madeira para 'Belinha' e 'Chupeta' foi construída por 14 reeducandos

Por: ATribuna.com.br  -  13/08/21  -  00:30
 Cães recebem casa nova, feita com madeira apreendida pela polícia
Cães recebem casa nova, feita com madeira apreendida pela polícia   Foto: Reprodução/TVCA

Depois de serem adotados pela Polícia Rodoviária Federal, os cães Belinha e Chupeta ganharam uma nova casa, construída por 14 presos, a pedido da própria Polícia Rodoviária Federal (PRF). A dupla está morando na sede da PRF em Mato Grosso.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Os presos do Centro de Ressocialização de Sorriso, na região norte de MT, construíram uma casa de madeira. A madeira usada para a confecção foi apreendida pela própria PRF durante operações.


"O Chupeta está com a gente desde 2016 e a Belinha desde 2015. Lá se vai meia década de amizade e de companheirismo. Todos os policiais dão sua parcela de contribuição para cuidar dos animais. Nós não escolhemos eles, eles nos escolheram", disse o chefe da PRF, Leonardo Ramos.


O diretor do Centro de Ressocialização de Sorriso, Edilson de Castro, contou que houve uma adaptação do espaço da unidade prisional para montar a marcenaria. "Surgiu a ideia de adaptar o espaço do CRS numa marcenaria e desde então a gente vem recebendo doação de madeira para a capacitação e recuperação dos reeducandos", afirmou.


A cada três dias trabalhados na marcenaria é um a menos na pena a ser cumprida.


* com informações do G1


Tudo sobre:
Logo A Tribuna
Newsletter