Polícia descobre restos mortais de idosa morta há 12 anos após 'ausência' na vacinação

Marido mantinha os restos do corpo da esposa em casa, pois não havia superado sua morte; o caso segue em investigação policial

Por: Por ATribuna.com.br  -  13/03/21  -  16:16
Christina Malley foi encontrada em sua casa (foto), onde viveu com o marido, Daniel
Christina Malley foi encontrada em sua casa (foto), onde viveu com o marido, Daniel   Foto: DCT Media

As autoridades de Aberdeen, na Escócia, deram falta da idosa Christina Malley quando ela não compareceu à vacinação contra a covid-19. Entretanto, havia um motivo para a ausência: Christina havia falecido há 12 anos.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Quando a polícia foi à sua casa para a convocação, encontrou os restos do corpo da mulher, que foram guardados por seu marido, Daniel Malley, de 78 anos. Segundo reportagem do Evening Express, o viúvo não aceitou a morte da esposa e manteve os restos na casa. O marido afirma que ela morreu de causas naturais. Ainda não foram confirmadas as circunstâncias da morte.


Uma fonte ligada à investigação sobre a morte da idosa, que segue em andamento, revelou que Daniel se sentia solitário. "Ele não podia deixá-la ir. Ele manteve o corpo em casa porque não queria se separar da esposa em vida ou, infelizmente, na morte". A fonte ainda afirmou que Daniel contava aos vizinhos ou qualquer um que perguntasse sobre ela que a esposa estava no exterior, entretanto, a maioria dos vizinhos nem a conhecia.


*Com informações do jornal O Dia


Tudo sobre:
Logo A Tribuna