Papa denuncia 'praga do feminicídio' na América Latina

Declaração foi feita no Panamá, durante a Jornada Mundial da Juventude

Por: France Presse  -  25/01/19  -  23:11
Papa Francisco participa da Jornada Mundial da Juventude no Panamá
Papa Francisco participa da Jornada Mundial da Juventude no Panamá   Foto: Johan Ordonez/France Presse

O papa Francisco denunciou, na quinta-feira (24), no Panamá, durante a Jornada Mundial da Juventude, a “praga do feminicídio” que atinge a América Latina.


Ao enumerar, diante dos bispos da América Central, os problemas que inquietam os jovens, Francisco denunciou que estes crimes constituem uma “praga que o nosso continente vive”, junto à ação de “gangues armadas e criminosas, ao tráfico de drogas e à exploração sexual de menores e não tão menores”.


O papa também pediu que sejam feitos esforços para evitar o sofrimento dos venezuelanos, ante o recrudescimento da crise no país, e ofereceu a ajuda da Igreja para superar os “medos e receios” contra os migrantes na América Latina.


Logo A Tribuna