Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Padrasto mata enteada a facadas e morre horas depois em acidente de trânsito

Indivíduo não aceitava separação com a mãe da vítima, segundo delegada responsável pelo caso

Por: Por ATribuna.com.br  -  09/03/21  -  18:11
Maria Eduarda Hoffman, de 16 anos, foi atacada enquanto dormia
Maria Eduarda Hoffman, de 16 anos, foi atacada enquanto dormia   Foto: Reprodução

Um homem de 56 anos é suspeito de matar a própria enteada porque não aceitava a separação com a mãe da jovem. Isso é o que diz a delegada responsável pelo caso, Iane Cardoso, sobre o crime que aconteceu no último sábado (6), em Foz do Iguaçu, no Paraná.


O padrasto da adolescente teria matado Maria Eduarda Hoffman, de 16 anos, a facadas enquanto a vítima dormia. Horas depois, José Altamiro Gomes da Silva morreu em um acidente de trânsito em Cascavel.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços! 


De acordo com a delegada responsável pelo caso, a motivação do crime foi a mulher estar organizando os trâmites para se separar do suspeito. Ainda de acordo com a policial, José Altamiro teria ameaçado "tirar o bem mais precioso" que a mulher tinha.


Porém, para a polícia, a mãe da vítima disse não acreditar que o suspeito teve coragem de cometer o crime. Ela estava trabalhando no momento do ataque.


Apesar do socorro ser acionado, Maria Eduarda Hoffman morreu no local do crime.


*Com informações do G1


Logo A Tribuna