Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Mulher tem morte cerebral após pintar o cabelo e apresentar grave reação alérgica

Auxiliar administrativa passou mal em salão de beleza na quarta-feira (10) e a morte encefálica foi constatada neste sábado (13)

Por: Por ATribuna.com.br  -  13/02/21  -  16:30
Atualizado em 13/02/21 - 16:31
Segundo hospital que atendeu Karine, ela teve um choque anafilático
Segundo hospital que atendeu Karine, ela teve um choque anafilático   Foto: Reprodução

Após pintar o cabelo em um salão de beleza, Karine de Oliveira Souza, de 34 anos, apresentou grave reação alérgica e teve morte encefálica. Ela estava internada no hospital Santa Casa de Catalão, no sudeste de Goiás, desde quarta-feira (10). A morte cerebral foi confirmada pelo complexo hospitalar na madrugada deste sábado (13).


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Karine foi até um salão de beleza com intuito de pintar o cabelo na quarta-feira (10). Porém, segundos após a tinta ser aplicada em suas mechas, a auxiliar administrativa passou mal. De acordo com a cabelereira - que não quis se identificar - Karine disse que estava sentindo formigamento nas mãos e pediu para o produto ser retirado. No momento seguinte, ela relatou sentir falta de ar.


Deste modo, a cabelereira acionou o Corpo de Bombeiros. Segundo os profissionais responsáveis pelos primeiros socorros,Karine apresentava parada cardiorrespiratória, estava inconsciente e precisou ser reanimada antes de ser encaminhada para o pronto-socorro.


A Santa Casa de Catalão,que atendeu a auxiliar administrativa, informou que ela teve um choque anafilático (a forma mais grave de reação alérgica). Na sexta-feira (12), o estado de saúde dela era gravíssimo.


Após constatação da morte encefálica, os órgãos de Karine serão doados.


*Com informações do G1


Logo A Tribuna