Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

'Loba do Tinder' é presa após ser acusada de extorquir homens em aplicativo de namoro

Mulher chegou a pegar R$50 mil de uma das vítimas

Por: Por ATribuna.com.br  -  12/03/21  -  19:35
Mulher era conhecida como
Mulher era conhecida como "loba do tinder"   Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Campinas prendeu, nesta quinta-feira (11), Patrícia Coutinho Pereira, conhecida como "Loba do Tinder". A jovem é acusada de cometer crimes de difamação, estelionato e extorsão pelo aplicativo de relacionamentos.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


De acordo com o que foi apurado pela polícia, a mulher fez vítimas no Distrito Federal, Minas Gerais e São Paulo. Em um dos casos, ela chegou a extorquir R$ 50 mil de um homem.


Patrícia era procurada pela polícia do Distrito Federal desde 2018. Segundo o delegado responsável pelo caso, Ataliba Neto, a mulher tinha relações sexuais com os homens e depois pedia empréstimos. Também chantageava homens casados em troca de dinheiro.


A mulher chegou a ser presa em 2018, mas conseguiu um habbeas corpus em dezembro do mesmo ano para responder em liberdade. No entanto, mudou de endereço e não avisou a justiça.


O processo era de denunciação caluniosa. No entanto, durante o tempo em que era procurada, houve a emissão de um novo pedido de prisão, mas em relação aos golpes na internet.


Ela foi presa em Campinas e será encaminhada ao Distrito Federal por conta do mandado de prisão em aberto.


Logo A Tribuna