Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Jovem denuncia racismo em agência de emprego após pedido por cabelo 'mais discreto'

Caso ocorreu durante processo seletivo para uma vaga de recepcionista de restaurante

Por: ATribuna.com.br  -  12/06/21  -  10:38
Atualizado em 12/06/21 - 10:39
   Jovem denuncia racismo
Jovem denuncia racismo   Foto: Reprodução/ Instagram

Uma jovem negra de Itapetininga, interior de São Paulo, denunciou uma agência de emprego de racismo, pelas redes sociais, após receber sugestão para diminuir o volume do cabelo.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Bruna Campos, de 27 anos, compartilhou o caso após ter se candidatado para uma vaga de recepcionista em um evento de um restaurante na capital.


A modelo divulgou um áudio enviado por um funcionário da agência com pedido para que ela mudasse o corte de cabelo. “Você é perfeita, só que o que você consegue fazer nesse cabelo para ele diminuir um pouco o volume, o tamanho. Você entende minha pergunta? É porque não dá para colocar chapéu nem boné”, falou. E complementou: “É lindo seu cabelo, combina com você, tudo certo, mas eu estou vendo para aquela casa, entendeu? Horário de almoço, de dia, a gente precisa ter alguma coisa mais discreta”.


Nas redes sociais, Bruna disse ter ficado espantada com o ocorrido. “Eu não tive reação. A gente acha que está preparado para esse tipo de situação, mas é como se tivesse mexido na ferida. Eu comecei a chorar, não consegui responder. Só falei que esse era meu cabelo”.


E desabafou sobre a situação. "Eu não quero citar nomes porque vão querer que eu denuncie, que eu abra BO, que eu entre na Justiça, mas não é o que eu quero. Eu só quero que a sociedade nos respeite, tenha um pouco de empatia com nós negros."


*Com informações do G1


Logo A Tribuna