Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Homem é preso após morar durante três meses em Aeroporto de Chicago

Aditya Singh, que vivia na Califórnia, estava com medo de voar por conta da pandemia de Covid-19

Por: Por ATribuna.com.br  -  18/01/21  -  17:05
Aditya Singh teve medo de voar por conta da pandemia e decidiu
Aditya Singh teve medo de voar por conta da pandemia e decidiu "ficar um pouco mais" no aeroporto   Foto: Reprodução/Chicago Police Department

Não estamos em "O Terminal", icônico filme de Tom Hanks, mas o personagem acaba de se tornar real. Aditya Singh, que vivia na Califórnia, foi preso nesse fim de semana após empregados descobrirem que ele vivia secretamente no Aeroporto Internacional O'Hare, de Chicago, por três meses.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Segundo informações do TMZ, Aditya Singh alegou ter ficado com medo de voar e contrair Covid-19. Por isso, optou por residir secretamente no aeroporto. Ele foi acusado de invasão criminal de área restrita de um aeroporto e pela contravenção de furto.


Promotores alegam que Singh chegou em O'Hare em 19 de outubro de 2020, por meio de um voo vindo de Los Angeles. Em algum ponto, conseguiu credenciais para as áreas de segurança do aeroporto, que só estão disponíveis para empregados. Ele viveu clandestinamente no aeroporto com ajuda de doações de dinheiro e comida feitas por passageiros.


O crachá furtado pertencia a um gerente de operações. Segundo a promotora assistente Kathleen Hagerty, o acusado encontrou o crachá no aeroporto e decidiu não ir embora.


Sem antecedentes criminais, a fiança de Singh foi acertada em mil dólares. Ele também foi banido permanentemente do aeroporto. Seu destino inicial não está claro para as autoridades que avaliam o caso, porém, Aditya Singh não parece com tanta pressa de viajar.


*Com informações do TMZ


Logo A Tribuna