Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

AstraZeneca testará vacina em crianças e adolescentes

A farmacêutica anunciou neste sábado (13) que iniciará estudos clínicos do imunizante em pessoas que têm entre 6 e 17 anos

Por: Por ATribuna.com.br  -  14/02/21  -  19:07
Porta-voz disse que a empresa está em contato com autoridades austríacas e apoia a investigação
Porta-voz disse que a empresa está em contato com autoridades austríacas e apoia a investigação   Foto: Divulgação/AstraZeneca

A farmacêutica AstraZeneca, que produz uma vacina anti-Covid com a Universidade de Oxford, anunciou neste sábado (13) que iniciará estudos clínicos do imunizante em pessoas que têm entre 6 e 17 anos.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


A faixa etária não participou dos primeiros testes da AZD-1222 por ser um grupo que apresenta baixíssimos índices de casos graves provocados pela Covid-19. Os estudos serão realizados ainda em fevereiro, em três cidades britânicas: Londres, Southampton e Bristol.


Em nota, a AstraZeneca informou que serão envolvidos "cerca de 300 voluntários, com um máximo de 240 voluntários recebendo a vacina e o restante uma vacina contra a meningite, que já demonstrou ser segura nas crianças".


Após receberem as autorizações de uso emergencial em pessoas acima dos 18 anos, os laboratórios começaram a testar seus imunizantes em menores de idades. A Moderna e a Pfizer/BioNTech, por exemplo, começaram a fazer estudos em crianças acima dos 12 anos.


Ainda não se sabe o motivo, mas o coronavírus Sars-CoV-2 não apresenta a mesma taxa de incidência e de casos moderados ou graves entre crianças e adolescentes. Apesar disso, especialistas apontam que elas transmitem a doença como qualquer outro adulto.


*Com informações do UOL e O Globo


Logo A Tribuna