Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Adolescente de 13 anos morre por overdose de ecstasy na Inglaterra

Caso ocorreu em dezembro de 2018, mas conclusão do inquérito só foi divulgada neste ano. Justiça aponta que menina ingeriu "níveis extremamente altos de MDMA"

Por: Por ATribuna.com.br  -  30/01/21  -  10:10
Família de Eboney diz que filha não teria tomado a droga e que bebida estaria batizada
Família de Eboney diz que filha não teria tomado a droga e que bebida estaria batizada   Foto: Reprodução

A Justiça da Inglaterra concluiu o inquérito em que aponta que uma adolescente de 13 anos morreu devido a overdose de MDMA (metilenodioximetanfetamina), droga conhecida como ecstasy. O caso ocorreu em 2 de dezembro de 2018, mas a conclusão do caso só foi divulgada neste ano.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Segundo o Tribunal de Justiça de Bootle, Eboney Cheshire, de 13 anos, teve uma convulsão após ingerir "níveis extremamente altos de MDMA" com refrigerante Lucozade. No Brasil, o entorpecente ficou conhecido também por Michael Douglas, sendo tema até de músicas.


Segundo a publicação, a família de Eboney se recusa em aceitar a conclusão do caso e deseja que a Justiça encontre o culpado pela morte da garota. A mãe da menina, Kerry Williams, estava em casa quando ouviu barulhos no quarto da filha. Ela descobriu que a jovem estava tendo uma convulsão e ligou para a polícia. Para Kerry, Eboney não tomou a droga e que a bebida estaria "batizada".


"A conclusão é a de uma morte relacionada às drogas", iniciou a legista Julie Goulding. Para o Daily Mail, adetetive inspetora Leanne Hobin relatou que a morte de Ebonyfoi uma tragédia, mas disse que 'apesar de seguir todas as linhas de investigação' ninguém foi preso sob suspeita de adulterar sua bebida.


*com informações do UOL e Daily Mail


Logo A Tribuna