Sidão e Edimar devem trocar São Paulo por Goiás

Goleiro não está mais nos planos da equipe para 2019 e lateral-esquerdo também não deverá ser utilizado

Por: Do Estadão Conteúdo  -  12/12/18  -  19:57

O São Paulo negocia com o Goiás a transferência do goleiro Sidão para a próxima temporada. Apesar de ainda ter contrato com o clube paulista até o final de 2019, o jogador é alvo frequente de críticas da torcida tricolor e acabou perdendo a posição de titular para Jean na reta final deste ano. Para a posição, o técnico André Jardine ainda conta com os garotos Lucas Perri e Lucas Paes, formados na base.


Sidão disputou 46 jogos pelo time em 2018 e sofreu 37 gols (média de 0,8 por partida). Mesmo quando o São Paulo vivia boa fase e liderava o Campeonato Brasileiro, a torcida pegava no pé do arqueiro, especialmente nos confrontos disputados no estádio do Morumbi, na capital paulista. Ele acabou sacado da equipe titular quando esta ainda era treinada pelo uruguaio Diego Aguirre, após a derrota por 2 a 0 no clássico contra o Palmeiras, no dia 6 de outubro.

Jean, então, assumiu a posição nos 10 jogos restantes da temporada, mas, como acabou expulso contra o Vitória, permitiu mais uma atuação de Sidão no empate por 2 a 2 contra o Flamengo. Em seguida, retomou o lugar no 11 inicial e, mesmo quando Jardine assumiu no lugar de Aguirre, seguiu entre os titulares.

No Goiás, Sidão, de 35 anos, terá a concorrência de Tiago Cardoso, que terminou a temporada como titular. Antes, outros dois atletas chegaram a defender a meta esmeraldina: Marcos e Rangel. O clube, que garantiu o acesso à Série A ao terminar a segunda divisão na quarta posição, ainda tem mais dois goleiros (Paulo Henrique e Matheus) no elenco.


A reportagem apurou que outro atleta especulado como possível reforço para o Goiás cedido pelo São Paulo, o lateral-esquerdo Edimar, não interessa no momento para a equipe goiana.


Logo A Tribuna