Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Em crise, São Paulo demite Fernando Diniz; Raí também deixa o clube

Treinador não resistiu após a derrota para o Atlético-GO na 33ª rodada do Brasileirão. Diretor-executivo pediu para sair após saber da demissão do técnico

Por: Por ATribuna.com.br  -  01/02/21  -  19:26
Atualizado em 01/02/21 - 19:52
Raí e Diniz deixaram o clube nesta segunda-feira
Raí e Diniz deixaram o clube nesta segunda-feira   Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

OSão Paulo oficializou, nesta segunda-feira (1), a demissão do técnico Fernando Diniz. O treinador foi dispensado um dia após o Tricolor ser derrotado pelo Atlético-GO, por 2 a 1, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


O treinador enfrentava uma forte pressão após a queda brusca de rendimento da equipe na reta final da temporada. O time não vence há sete jogos, seis deles pelo Brasileirão. Na competição nacional, despencou da liderança para o quarto lugar. Hoje, está sete pontos atrás do líder, Internacional.


Além de Diniz, o São Paulo também comunicou a saída do diretor-executivo Raí. Em nota publicada no site oficial, o Tricolor disse que ídolo pediu para deixar o cargo após ser informado da demissão do treinador.


Contratado em setembro de 2019, Fernando Diniz comandou o São Paulo em 74 oportunidades. Foram com 34 vitórias, 20 empates e 20 derrotas.Também foram desligados o preparador físico Wagner Bertelli e os auxiliares Marcio Araújo e Eduardo Zuma, que chegaram ao clube junto com o treinador.


Logo A Tribuna