Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Covid faz Crespo mudar a escalação do São Paulo para o jogo em Novorizonte

Luan e Rodrigo Freitas deverão ser as caras novas no setor defensivo, enquanto no meio de campo o treinador argentino só deve decidir após o treino de sábado entre Tchê Tchê e Rodrigo Nestor

Por: Do Estadão Conteúdo  -  12/03/21  -  23:55
Crespo chamou três garotos das categorias de base para completar o elenco nos treinamentos
Crespo chamou três garotos das categorias de base para completar o elenco nos treinamentos   Foto: Divulgação

Com os casos de covid-19 de Wellington, Léo, Diego Costa, Arboleda, Luizão, Galeano e Igor Gomes, o técnico Hernán Crespo vai ter de mudar a escalação do time do São Paulo para o jogo deste sábado (13), contra o Novorizontino, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, pela quarta rodada do Campeonato Paulista.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Luan e Rodrigo Freitas deverão ser as caras novas no setor defensivo, enquanto no meio de campo o treinador argentino só deve decidir após o treino de sábado entre Tchê Tchê e Rodrigo Nestor. O certo é que o time mais uma vez vai atuar com três zagueiros, tática aprovada pelo elenco e proporcionou duas vitórias por 4 a 0 nas duas últimas apresentações (Internacional de Limeira e Santos).


Por causa dos desfalques, Crespo chamou três garotos das categorias de base para completar o elenco nos treinamentos. Foram eles: o lateral-esquerdo Gabriel Rodrigues, o meio-campista Talles Costa e o atacante Vitinho.


O time mais provável para entrar em campo em busca da terceira vitória após quatro jogos é o seguinte: Tiago Volpi; Bruno Alves, Luan e Rodrigo Freitas; Igor Vinicius, Tchê Tchê (Rodrigo Nestor), Daniel Alves, Gabriel Sara e Reinaldo; Luciano e Pablo.


O São Paulo lidera o Grupo B do Campeonato Paulista, com sete pontos, ao lado da Ferroviária, mas tem a vantagem de um saldo melhor: 8 a 6. Ponte Preta, com um ponto, e São Bento, com zero, completam a chave.


Logo A Tribuna