Ceni aprimora pontaria do São Paulo para evitar surpresas contra o Atlético-GO

Para evitar surpresas contra o rival nesta quinta, o técnico dedicou boa parte do último trabalho nas finalizações

Por: Estadão Conteúdo  -  26/10/22  -  19:06
 Rogério Ceni destacou a evolução do clube nos últimos meses
Rogério Ceni destacou a evolução do clube nos últimos meses   Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net

Pouco menos de dois meses após se enfrentarem pelas semifinais da Copa Sul-Americana, São Paulo e Atlético-GO voltam a se encontrar, desta vez pelo Brasileirão, no mesmo Morumbi. Apesar de ter vencido por 2 a 0 naquela oportunidade, o time perdeu muitas chances e acabou se garantindo apenas nos pênaltis Para evitar surpresas contra o rival nesta quinta-feira, o técnico Rogério Ceni dedicou boa parte do último trabalho da equipe no CT da Barra Funda nas finalizações. A ordem é entrar em campo com a pontaria calibrada.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


Contra um rival lutando contra o rebaixamento e, como naquela noite de 8 de setembro, com tendência a jogar retrancado, o treinador cobra de seus homens de frente que sejam mortais nas chances que serão criadas. O São Paulo iniciou a rodada no G-8 e depende apenas de suas forças para se garantir na fase prévia da Libertadores.


Depois de adotar um discurso humilde e falar que haviam candidatos mais fortes na briga pela Libertadores, o São Paulo entrou forte na briga por boas vitórias contra Coritiba e Juventude e em sua matemática, precisa dos nove pontos no Morumbi nesta reta final. Além dos goianos, o time ainda hospeda o Atlético-MG, na terça-feira, e o Internacional, dia 8.


A derrota para o Botafogo, por 1 a 0, ainda é bastante lamentada no São Paulo, que não quer voltar a tropeçar em seus domínios na luta para salvar a reta final de temporada. Nesse jogo, o time de Ceni também falhou demais nas finalizações.


Para o reencontro com o Atlético-GO, marcado para 19 horas, o treinador continuará com muitos desfalques. O zagueiro Diego Costa, tratando uma tendinite no joelho, realizou trabalhos individuais e ainda não retorna. Assim como o volante Gabriel Neves, ainda na transição física. Miranda, Igor Vinícius, Nikão, Caio e Alisson permanecem entregues ao REFFIS.


O técnico terá o retorno de Luciano para formar dupla com Calleri na frente, com Patrick vindo mais de trás. Pablo Maia cumpre suspensão e vê Luan e Andrés Colorado brigarem pela posição. O esquema de três defensores, com Rafinha improvisado ao lado de Luizão e Léo deve ser mantido, dando liberdade para Moreira e Reinaldo nas alas.


Logo A Tribuna
Newsletter