Vladimir assume o gol do Santos na partida contra o Sport

Vanderlei, que vive o seu pior momento no clube, não será nem relacionado.

Por: Bruno Lima  -  29/11/18  -  22:13
Nesta temporada, Vladimir só atuou contra o São Bento e Botafogo
Nesta temporada, Vladimir só atuou contra o São Bento e Botafogo   Foto: Ivan Storti/Santos FC

A despedida do técnico Cuca do Santos, no domingo (2), na Ilha do Retiro, contra o Sport, às 17 horas, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, terá uma novidade: Vladimir vai assumir a meta no lugar de Vanderlei. “O Vladimir vai atuar. É a oportunidade que o jogador tem para mostrar a condição de ser titular. É um prêmio que será dado a ele por tudo o que fez, pela importância dele no grupo”, disse o treinador.


Vanderlei, que vive o seu pior momento no Santos, com falhas incomuns para o seu padrão de atuações, não será nem relacionado.


Enquanto faz a mudança no gol por opção, Cuca vai promover outras alterações por causa de desfalques. Além de quatro jogadores suspensos, há outros quatro machucados. “Temos muitas baixas. Além dos lesionados, o Bryan tem virose. O Copete também estava (com virose), mas conseguiu recuperar. Vamos apostar na força do grupo no último jogo”.


O provável time do Santos terá Vladimir; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Copete; Guilherme Nunes, Diego Pituca e Jean Motta; Rodrygo, Felippe Cardoso e Arthur Gomes.


Em meio aos desfalques, o jovem atacante Lucas Lourenço, de 17 anos, terá a oportunidade de viajar pela primeira vez com o elenco profissional. “Ele vai ficar no banco. Irá jogar mediante aquilo que o jogo mostrar. É um menino ainda”.


A atividade desta quinta-feira (29) foi a penúltima da equipe, no CT Rei Pelé sob o comando do técnico Cuca. O Peixe volta a treinar nesta sexta-feira (30) antes de viajar para Recife. No sábado (1º), o time treina na capital pernambucana.


Após a partida, Cuca deixará o comando técnico do Santos para cuidar de problemas cardíacos. O presidente José Carlos Peres tenta a contratação de um novo treinador. O preferido é Abel Braga. O mandatário, inclusive, esteve no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira, para conversar com o treinador que está sem clube desde junho, quando deixou o Fluminense. Cuca, entretanto, revelou que não foi procurado por Abel para conversar sobre o Santos.


Tudo sobre:
Logo A Tribuna