Torcida do Santos volta a protestar em frente à residência de Peres

Torcedores estão receosos com a atual situação financeira do clube, que já fez Everson e Sasha buscarem rescisão na Justiça

Por: Bruno Lima  -  24/07/20  -  22:02
Torcedores se posicionaram na frente do prédio do presidente do Santos, em Perdizes, São  Paulo
Torcedores se posicionaram na frente do prédio do presidente do Santos, em Perdizes, São Paulo   Foto: Reprodução

Pelo quinto dia consecutivo, a torcida do Santos promove um protesto contra o presidente José Carlos Peres. Nesta sexta-feira (24), a manifestação ocorreu mais uma vez na frente do condomínio do mandatário alvinegro, em Perdizes, na Capital. Os torcedores querem a renúncia do dirigente. 


Assim como nos outros dias da semana, o grupo, além do hino santista, entoou músicas com tom ameaçador ao presidente. Um dos muros do edifício foi pichado pelos torcedores. "Fora Peres", diz o ato de vandalismo. 


A torcida alega estar preocupada com a situação financeira do clube, que já fez dois jogadores pedirem a rescisão contratual por falta de pagamentos. Everson e Eduardo Sasha tentam na Justiça receber os atrasados e a liberação para negociar com outros clubes. 


Diários


O presidente do Santos tem convivido com manifestações nesta semana. Após os dois atletas ajuizarem ações na Justiça do Trabalho, membros da Torcida Jovem - uma das organizadas do clube - compareceram, segunda-feira (20), ao Business Center, em São Paulo, para uma reunião com o presidente sem agendamento. O tom da conversa foi ríspido.


Na terça-feira (21), a mesma torcida esteve na Vila Belmiro para mais um protesto. Na ocasião, eles chegaram a entrar no gramado do estádio. Horas mais tarde, já durante a noite, faixas contra o presidente foram estendidas em diferentes pontos de São Paulo e em frente ao prédio de Peres, cobrando a sua renúncia. 


Na quarta-feira (22), torcedores voltaram ao condomínio do mandatário. Com fogos e gritos, fizeram nova pressão.


Nesta quinta-feira (23), as manifestações voltaram a ser realizadas na Vila Belmiro e no CT Rei Pelé.


Logo A Tribuna