Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Santos tem dificuldade para encontrar patrocínio máster e não quer marca de pouca expressão

Sem patrocinador principal desde 2018, clube sabe dos problemas financeiros, porém não quer "vulgarizar" o nome Santos

Por: Fúlvio Feola  -  07/03/21  -  15:15
O time da Vila Belmiro já sofreu com um surto de novo coronavírus
O time da Vila Belmiro já sofreu com um surto de novo coronavírus   Foto: Ivan Storti/Santos FC

A diretoria do Santos tem encontrado dificuldades para encontrar um novo patrocínio máster. O clube sofre com esse problema desde 2018, quando a Caixa Econômica Federal saiu do Peixe e de outras agremiações. Porém, mesmo com a situação financeira delicada, o presidente Andres Rueda não quer "diminuir" a marca Santos Futebol Clube. O que deixa claro que não será qualquer patrocinador que vai estampar a parte principal da camisa do Alvinegro Praiano.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


"Temos que associar marca forte do Santos com marca forte no mercado. Se fecharmos patrocinador de menor expressão, já teríamos (patrocinador), mas temos critério", disse Rueda em entrevista ao programa Esporte por Esporte, da TV Santa Cecília. 


Em apuração realizada pela reportagem de ATribuna.com.br, o Santos tem se movimentado no mercado para encontrar essa marca compatível com a grandeza do Santos. No entanto, em decorrência da pandemia e da situação do clube, as negociações não estão tão simples assim.


Rueda falou sobre o problema encontrado no mercado. "Realmente, o Santos sofre há um bom tempo e encontra dificuldade. Mercado, com a pandemia, diminuiu o valor. Santos tentou disponibilizar com valor praticado anteriormente. Não tem jeito, patamar diminuiu. Máster é importante, mas não podemos vulgarizar".


Os gestores santistas, no momento, estão correndo para pagar dívidas, direitos trabalhistas de técnicos e ex-funcionários, além de atrasos com atletas. A ideia é mostrar que o clube está trabalhando com seriedade e retomar forte ao mercado.


Logo A Tribuna