Santos não vencia o Trio de Ferro na mesma edição do Paulistão há 49 anos

Segundo a Assophis, a última vez em que o Peixe derrotou os rivais no mesmo Estadual foi em 1975

Por: Régis Querino  -  02/04/24  -  06:30
Atualizado em 03/04/24 - 20:29
Nem o time de Neymar e Ganso, tricampeão paulista, conseguiu bater o Trio de Ferro no mesmo Estadual
Nem o time de Neymar e Ganso, tricampeão paulista, conseguiu bater o Trio de Ferro no mesmo Estadual   Foto: Davi Ribeiro/Arquivo AT/02-05-10

A campanha do Santos no Paulistão 2024 é surpreendente sob vários aspectos. Para um time que terminou o ano passado debaixo dos escombros de um histórico rebaixamento, iniciar a temporada chegando à final do Estadual e vencer o primeiro jogo contra o rival, multicampeão nos últimos quatro anos, é um feito.


Clique aqui para seguir agora o novo canal de A Tribuna no WhatsApp!


Marca que se soma a outras conquistadas pela equipe do técnico Fábio Carille no campeonato. Entre elas, derrotar os três rivais de São Paulo na mesma edição do Paulista, fato que não acontecia há 49 anos.


Segundo levantamento da Assophis, Associação dos Pesquisadores e Historiadores do Santos FC, a última vez em que o Alvinegro conseguiu superar Corinthians, Palmeiras e São Paulo na mesma edição do Estadual foi em 1975.


“Ficamos surpresos, porque realmente é algo histórico e que nós mesmos não tínhamos atentado até hoje (segunda-feira, dia 1º) cedo”, diz Fernando Ribeiro Campos, membro da Assophis.


Ele lembrou que o Paulistão de 1975 foi o primeiro sem o Rei Pelé, que deixara o clube no ano anterior, e que o Peixe nem chegou à final. O título foi disputado entre Portuguesa de Desportos e São Paulo, que conquistou o título nos pênaltis, após uma vitória para cada lado nos dois jogos finais.


Naquele campeonato, no dia 6 de abril de 1975, no primeiro turno, sob o comando do técnico Tim, o Santos bateu o Palmeiras por 2 a 0, gols de Edu e Clayton, no Pacaembu.


No dia 31 de julho, pelo segundo turno, já sob a batuta do técnico Pepe, a vitória foi sobre o Corinthians, também por 2 a 0, gols de Totonho e Cláudio Adão no Morumbi. E no dia 7 de agosto, com dois gols de Cláudio Adão, o Peixe derrotou o São Paulo no Morumbi.


Curiosamente, observa o pesquisador, Leão era o goleiro palmeirense na derrota para o Santos naquele ano, enquanto Muricy defendeu o São Paulo quando o time perdeu para o Peixe.


Anos mais tarde, ambos marcariam os seus nomes na história do clube comandando os times em conquistas importantes, como o Brasileirão de 2002, com Leão, e a Libertadores 2011, com Muricy.


Campeão, mas sem fazer a trinca


Desde o Estadual de 1975, quando fez a trinca sobre o Trio de Ferro, o Santos não conseguia vencer os três maiores rivais na mesma edição, fato só alcançado este ano. Nem mesmo nos anos em que se sagrou campeão paulista.


“Mesmo nas campanhas vitoriosas (do Paulistão) de 1978, 1984, o bicampeonato de 2006/07 e na geração Neymar (2010/11/12), o clube não tinha conseguido vencer os três rivais em um mesmo campeonato”, aponta Campos.


Nos dois últimos campeonatos estaduais vencidos pelo Alvinegro, em 2015 e 2016, o clube também não fez a trinca (confira abaixo os resultados do Peixe nos clássicos em que conquistou o título, a partir de 1978).


Os clássicos nos anos em que o Santos foi campeão, a partir de 1978 (dados coletados por A Tribuna)


1978 (campeonato terminou em 1979)


20 de agosto – Santos 1 x 1 Corinthians – Morumbi – primeiro turno


1º de outubro - São Paulo 1 x 3 Santos – Morumbi – primeiro turno 15 de outubro – Palmeiras 2 x 0 Santos – Morumbi – primeiro turno


11 de outubro - São Paulo 0 x 0 Santos – Morumbi – quartas de final do 1º turno


26 de novembro – Corinthians 1 x 0 Santos – Morumbi – final do primeiro turno


28 de janeiro de 1979 – Santos 4 x 1 São Paulo – Morumbi – segundo turno


11 de fevereiro de 1979 – Corinthians 2 x 1 Santos – Morumbi – segundo turno


4 de março de 1979 – Santos 1 x 2 Palmeiras – Morumbi – segundo turno


12 de maio de 1979 - São Paulo 2 x 1 Santos – Morumbi – terceiro turno


27 de maio de 1979 – Palmeiras 2 x 1 Santos – Morumbi – terceiro turno


10 de junho de 1979 – Santos 0 x 1 Corinthians – Morumbi – terceiro turno


20 de junho de 1979 - São Paulo 1 x 2 Santos – Morumbi – final


24 de junho de 1979 – Santos 1 x 1 São Paulo – Morumbi – final


28 de junho de 1979 – Santos 0 x 0 São Paulo – Morumbi – final


1984


5 de agosto – Santos 1 x 1 Palmeiras – Morumbi – primeiro turno


2 de setembro - São Paulo 4 x 1 Santos – Morumbi – primeiro turno


16 de setembro – Corinthians 0 x 0 Santos – Morumbi – primeiro turno


21 de outubro – Palmeiras 0 x 2 Santos – Morumbi – segundo turno


11 de novembro – Santos 0 x 0 São Paulo – Morumbi – segundo turno


2 de dezembro – Corinthians 0 x 1 Santos – Morumbi – segundo turno


2006


12 de fevereiro – Corinthians 0 x 1 Santos – Morumbi – primeira fase


5 de março - Santos 1 x 0 Palmeiras – Vila Belmiro – primeira fase


2 de abril - São Paulo 3 x 1 Santos – Morumbi – primeira fase


2007


4 de fevereiro – Palmeiras 3 x 3 Santos – Parque Antarctica – primeira fase


11 de março - Santos 1 x 1 São Paulo – Vila Belmiro – primeira fase 28 de março - Santos 2 x 1 Corinthians – Vila Belmiro – primeira fase


2010


7 de fevereiro - São Paulo 1 x 2 Santos – Arena Barueri – primeira fase


28 de fevereiro – Santos 2 x 1 Corinthians – Vila Belmiro – primeira fase


14 de março - Santos 3 x 4 Palmeiras – Vila Belmiro – primeira fase 11 de abril - São Paulo 2 x 3 Santos – Morumbi – semifinal


18 de abril – Santos 3 x 0 São Paulo – Vila Belmiro – semifinal


2011


30 de janeiro – Santos 2 x 0 São Paulo – Arena Barueri – primeira fase


20 de fevereiro – Corinthians 3 x 1 Santos – Pacaembu – primeira fase


3 de abril – Santos 0 x 1 Palmeiras – Vila Belmiro – primeira fase


30 de abril - São Paulo 0 x 2 Santos – Morumbi – semifinal


8 de maio – Corinthians 0 x 0 Santos – Pacaembu – final


15 de maio – Santos 2 x 1 Corinthians – Vila Belmiro – final


2012


5 de fevereiro – Santos 1 x 2 Palmeiras – Vila Belmiro – primeira fase


4 de março - Santos 1 x 0 Corinthians – Vila Belmiro – primeira fase


18 de março - São Paulo 3 x 2 Santos = Morumbi – primeira fase


29 de abril – São Paulo 1 x 3 Santos – Morumbi – semifinal


2015


11 de fevereiro - Santos 0 x 0 São Paulo – Vila Belmiro – primeira fase


11 de março - Santos 2 x 1 Palmeiras – Vila Belmiro – primeira fase


5 de abril – Corinthians 1 x 1 Santos – Neo Química Arena – primeira fase


19 de abril – Santos 2 x 1 São Paulo – Vila Belmiro – semifinal


26 de abril – Palmeiras 1 x 0 Santos – Allianz Parque – final


3 de maio – Santos 2 x 1 Palmeiras – Vila Belmiro – final (Peixe venceu por 4 a 2 nos pênaltis)


2016


20 de fevereiro – Palmeiras 0 x 0 Santos – Allianz Parque – primeira fase


6 de março - Santos 2 x 0 Corinthians – Vila Belmiro – primeira fase


27 de março - Santos 1 x 1 São Paulo – Vila Belmiro – primeira fase


24 de abril - Santos 2 x 2 Palmeiras – Vila Belmiro – semifinal


Logo A Tribuna
Newsletter