Santos derrota Fortaleza com dois gols de Marcos Leonardo e se afasta do Z4

Com a vitória, o Peixe chega a 45 pontos e respira mais aliviado no Brasileirão

Por: Bruno Lima  -  25/11/21  -  21:25
Atualizado em 25/11/21 - 21:36

Com o brilho da estrela de Marcos Leonardo, o Santos voltou a respirar aliviado na luta contra o rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O Peixe venceu o Fortaleza na noite desta quinta-feira (25), por 2 a 0, e chegou aos 45 pontos. Com mais três jogos para realizar na competição, o Alvinegro está a um passo de evitar a primeira queda à Série B da sua história.


Marcos Leonardo marcou os dois e, agora, o Santos respira mais aliviado
Marcos Leonardo marcou os dois e, agora, o Santos respira mais aliviado   Foto: Vanessa Rodrigues/AT

Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


Diante do resultado, o Fortaleza permanece na quinta posição com 52 pontos e continua vivo na busca pela classificação direta à fase de grupos da próxima Libertadores.


Os gols da partida foram marcados pelo jovem atacante santista, que vive um impasse para a renovação do seu contrato – termina em outubro do ano que vem.


O início de jogo do Santos foi interessante. Sabedor da importância da vitória, o Peixe partiu para cima do Fortaleza e com cinco minutos da primeira etapa já havia assustado o goleiro adversário em duas ocasiões.


Esse ímpeto alvinegro, porém, foi controlado pelo sistema defensivo do Fortaleza, que se defendia de com um linha de cinco à frente da área.


Sem conseguir furar a retranca do Tricolor cearense, o Santos passou a sofrer com o nervosismo e com a ansiedade de abrir o placar.


Bem organizado, o Fortaleza foi se lançando ao ataque e em duas oportunidades criadas por meio de Yago Pikachu, pelo lado direito do ataque, quase abriu o placar.


No último da primeira etapa, Marcelo Boeck operou um milagre e impediu Marcos Guilherme de balançar as redes.


No intervalo, o técnico Fábio Carille foi obrigado a promover duas substituições por lesão: Marinho e Diego Tardelli foram sacados para as entradas de Gabriel Pirani e Marcos Leonardo.


Ao ver o Santos sem duas das suas referências, o Fortaleza se sentiu mais confiante e passou a pisar com mais frequência no campo de defesa santista.


Sem poder ficar no campo de defesa, o Santos respondeu às investidas adversárias por meio de jogadas quase sempre construídas por Lucas Braga, todas na base da vontade.


Em uma delas, aliás, o atacante santista descolou um escanteio, que resultou em pênalti para o Peixe, que Marcos Leonardo, após checagem no VAR, cobrou e abriu o placar.


Logo após o gol santista, Vojvoda promoveu as entradas de Lucas Crispim e Lucas Lima, que foi vaiado em todas as oportunidades que encostava na bola.


Carille respondeu minutos mais tarde tirando Ângelo e colocando Vinícius Balieiro para proteger a defesa.


Preocupado somente em segurar o resultado, o Peixe adotou uma postura defensiva e se comprometeu a sair apenas nos contra-ataques.


Diante do comportamento dos donos da casa, Vojvoda colocou Wellington Paulista, Romarinho e Edinho em campo. Mas nada disso foi suficiente. Em um contra-ataque, Marcos Leonardo bateu bem e fez 2 a 0.


O Santos agora volta a campo no domingo para enfrentar o Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela antepenúltima rodada da competição. O Fortaleza recebe o Juventude, dia 3, na Arena Castelão.


Tudo sobre:
Logo A Tribuna