Logo A Tribuna

Santos acerta transferência de Alison, que deixa o clube após 17 anos: 'Meu coração fica aqui'

Volante vai defender o Al-Hazem, da Arábia Saudita. Negócio deve render quase R$ 3 milhões ao Peixe

Por: Daniel Gois  -  13/08/21  -  17:02
Atualizado em 13/08/21 - 17:12
 Alison não escondeu a emoção na despedida após 17 anos no Santos
Alison não escondeu a emoção na despedida após 17 anos no Santos   Foto: Divulgação/Santos FC

O Santos se despediu do volante Alison, de 28 anos, nesta sexta-feira (13). Negociado com o Al-Hazem, da Arábia Saudita, ele deixa a Vila Belmiro após 17 anos no clube, desde as categorias de base até a equipe profissional.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


O atleta visitou o CT Rei Pelé para se despedir dos companheiros e funcionários. Alison ainda recebeu uma placa em homenagem pelo tempo que defendeu o Peixe.


“Eu saio daqui uma pessoa muito melhor. Cheguei aqui uma criança, e estou saindo um homem formado, um pai de família. Sou muito grato por tudo que o Santos FC fez por mim. Me formou como atleta e como pessoa. Me deu todo o suporte que eu sempre precisei. Sou muito grato por tudo. Hoje eu saio com um sentimento de que valeu a pena acreditar sempre, mesmo quando as coisas estavam difíceis", disse Alison.


O jogador chegou ao Santos em 2005, com apenas 11 anos. A estreia na equipe profissional aconteceu em 2011, em uma partida contra o Cruzeiro. Com menos de um minuto de jogo, Alison caiu sozinho no gramado e rompeu os ligamentos do joelho. Quando estava na transição para os gramados, o volante sofreu a mesma lesão, e só voltou aos gramados em 2013, quase dois anos depois.


“Se eu tivesse que escolher uma palavra para resumir tudo que passei, com certeza essa palavra seria superação. Na minha estreia ter uma lesão tão grave gerou um momento de muita incerteza para mim. Ninguém me conhecia, ninguém sabia do meu potencial, então foi um momento muito difícil. Mas no final acabou dando certo. Tive mais do que a metade da minha vida foi dedicada ao Santos FC", destacou o jogador.


Ao todo, foram 265 partidas e quatro gols de Alison com a camisa do Santos, além dos titulos do Paulistão em 2015 e 2016. Dentro de campo, o atleta ficou marcado pela raça e marcação forte contra os adversários.


“Eu estou indo para um desafio novo. Acho que preciso desse desafio na minha carreira. Foi muito difícil tomar essa decisão, muito difícil mesmo. Contei com o apoio da minha família, e após conversar com eles, a gente chegou num consenso de que precisávamos disso. Estou indo, mas meu coração fica. Independentemente de onde eu estiver, estarei sempre torcendo pelo Santos FC. Meu coração sempre vai estar aqui. Aqui é a minha casa”, declarou o Menino da Vila.


 Alison visitou o CT Rei Pelé e se despediu do Santos
Alison visitou o CT Rei Pelé e se despediu do Santos   Foto: Ivan Storti/Santos FC

Negociação


A venda de Alison para o Al-Hazem, da Arábia Saudita, deve render cerca de R$ 2,8 milhões ao Santos. O clube possui 70% dos direitos econômicos do jogador.


O volante é o sexto finalista da Libertadores de 2020 a ser negociado pelo Santos. Antes, a equipe já havia vendido os zagueiros Luan Peres e Lucas Veríssimo, os meias Diego Pituca e Soteldo e o atacante Kaio Jorge. Somadas, as transferências movimentaram cerca de R$ 140,4 milhões.


Logo A Tribuna