Santos abre o ano sem reforços e com atletas perto de deixar o clube

Única novidade do Peixe para a temporada é o técnico argentino Jorge Sampaoli

Por: Da Redação  -  01/01/19  -  10:44
Treinador respondeu perguntas sobre os reforços e deu sua opinião
Treinador respondeu perguntas sobre os reforços e deu sua opinião   Foto: Vanessa Rodrigues/AT

O Santos inicia 2019 com pontos de interrogação no elenco que se reapresenta nesta quarta-feira (2) no CT Rei Pelé. Tendo apenas o técnico Jorge Sampaoli como novidade, o time chega sem um único reforço anunciado pela diretoria. E, para piorar o quadro, com titulares como Dodô e Bruno Henrique com chance de sair.


No caso do lateral-esquerdo, o Santos teria até ontem para exercer a sua prioridade de compra junto à Sampdoria. Bastaria pagar os 2 milhões de euros (cerca de R$ 9 milhões) ao clube italiano e acertar os salários com Dodô.


Se o presidente José Carlos Peres garantiu que tinha o dinheiro separado para a compra do lateral, as partes não se entenderam sobre a questão salarial. Dodô não aceitou a proposta de R$ 450 mil mensais, teto do clube, e a tendência é que ele não volte a vestir a camisa santista em 2019.


Bruno Henrique é outro que pode sair. Com proposta do Flamengo, que sinalizou com um valor entre R$ 23 milhões e R$ 25 milhões mais o empréstimo de dois atletas, o atacante teria até acertado salário com o rubro-negro.


No mercado


Sobre reforços, o clube vive de especulações. A última delas é sobre a possível chegada do lateral-direito Gabriel Mercado, argentino que terá o seu contrato encerrado com o Sevilla em junho.


Logo A Tribuna