Rodrygo pode ser mais uma baixa do Santos contra a Chapecoense

O atacante não treina desde a derrota de sábado (3), contra o Palmeiras, por 3 a 2

Por: Bruno Lima  -  09/11/18  -  16:04
Atacante se unirá ao grupo e ficar em preparação a partir do dia 17
Atacante se unirá ao grupo e ficar em preparação a partir do dia 17   Foto: Ivan Storti/Santos FC

Sem treinar nesta semana por conta de um estado febril, o atacante Rodrygo pode ficar fora da partida contra a Chapecoense, segunda-feira (12), às 20 horas, no Pacaembu, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No início da semana, o jovem ficou fora das atividades por estar com uma forte tosse. Em razão das chuvas e do frio, o camisa 9 do Peixe fou poupado dos treinamentos. Porém, Rodrygo não melhorou e passou a sofrer com febre.

"Desde a partida contra o Palmeiras, o Rodrygo não trabalhou. Ele não perdeu um ou dois dias de trabalho. Foi uma semana inteira, que se encerra hoje. Então, temos que ter esse cuidado. Baseado no que temos dele hoje, se tivermos ele como opção já é muito", disse o técnico Cuca.

Além de Rodrygo, o treinador não poderá contar com Victor Ferraz, Diego Pituca e Gabriel suspensos; Luiz Felipe e Lucas Veríssimo lesionados e, também, Robson Bambu, que a partir deste sábado (10) não terá mais contrato com o clube.

Com a defesa bem desfalcada, o técnico avalia nos treinamentos se Gustavo Henrique irá formar dupla com Alison ou Yuri. "Está entre os dois mesmo", declarou Cuca.

O Santos é o sétimo colocado da competição com 46 pontos. Trata-se da mesma pontuação do Atlético-MG, dono da sexta posição e rival direto do Peixe na briga pela última vaga do G6 - grupo de times que avançam à Copa Libertadores. Os mineiros estão à frente por terem uma vitória a mais (13 a 12).


Tudo sobre:
Logo A Tribuna