Representante da Conmebol diz que Santos realizou todos os exames da covid-19 exigidos

Os casos positivos de covid-19 do goleiro John e do zagueiro Wagner Leonardo não devem trazer prejuízos na competição

Por: Bruno Lima  -  08/01/21  -  19:08
Santos não deve ser punido pela Conmebol
Santos não deve ser punido pela Conmebol   Foto: Ivan Storti / Santos FC

Os casos positivos de covid-19 do goleiro John e do zagueiro Wagner Leonardo não devem trazer prejuízos ou punição ao Santos na sequência da Libertadores. De acordo com o apurado por ATribuna.com.br com um representante da Conmebol, todos os jogadores do Peixe que foram a campo no empate por 0 a 0 com o Boca Juniors, quarta-feira (6), na Bombonera, estavam clinicamente liberados para jogar.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Ou seja, todos os atletas e membros da comissão técnica, conforme os exames exigidos e realizados pela entidade, testaram negativo para o coronavírus.


Ainda de acordo com o representante da Conmebol, se os atletas foram diagnosticados com a doença após o confronto, essa é uma questão interna, que diz respeito ao clube.


Na imprensa argentina, ao menos um site especializado publicou matéria falando sobre uma suposta negligência do Santos e a possibilidade de o Boca Juniors pedir os pontos da partida à Conmebol.
John e Wagner Leonardo seguem na Argentina, em isolamento no hotel em que a delegação esteve hospedada, à espera de um avião sanitário para trazê-los de volta. Conforme as informações obtidas pela Reportagem, o retorno da dupla deve ocorrer até este sábado (9).


No desembarque ao Brasil, o Santos irá submeter os dois jogadores a uma contraprova. Caso o diagnosticado seja o mesmo do realizado em Buenos Aires, eles não poderão atuar no clássico deste domingo (10) contra o São Paulo, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro, tampouco contra o próprio Boca Juniors, na Vila Belmiro, quarta-feira (13), às 19h15, na Vila Belmiro, pelo segundo duelos das semifinais da Libertadores.


Logo A Tribuna