Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Presidente do Santos é favorável à paralisação do futebol por causa da covid-19

Andrés Rueda disse que, apesar do protocolo adotado nas competições oficiais, o momento é de interromper os campeonatos

Por: Por ATribuna.com.br  -  05/03/21  -  00:35
Atualizado em 05/03/21 - 00:39
O time da Vila Belmiro já sofreu com um surto de novo coronavírus
O time da Vila Belmiro já sofreu com um surto de novo coronavírus   Foto: Ivan Storti/Santos FC

O aumento de mortes em razão da covid-19 no Brasil – quarta-feira foram registrados 1.840 óbitos, recorde diário desde o início da pandemia – fez o presidente do Santos, Andres Rueda, concordar com uma nova paralisação do futebol. Em entrevista ao jornal F. de São Paulo, o mandatário alvinegro disse que, apesar do protocolo adotado nas competições oficiais, o momento é de interromper os campeonatos, pois todos estão ficando assustados. 


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


“O protocolo (do futebol) é coerente, mas, mesmo assim, a coisa foge do controle de uma maneira geral. E o futebol também tem que ter uma participação no sofrimento, isso dói, mas precisamos parar”, disse o presidente alvinegro.


“É uma opinião muito pessoal. O Santos cumpre todos os protocolos, mas praticamente todo o elenco já pegou (o vírus). Seria mais prudente, embora doa na carne, entrarmos em um período de paralisação. Suspender o campeonato mesmo, embora as entidades tenham tomado um cuidado excelente”, acrescentou Rueda. 


No ano passado, o time da Vila Belmiro sofreu com um surto de novo coronavírus, que infectou dezenas de profissionais entre jogadores, membros da comissão técnica e funcionários. 


Atualmente, Marinho e Pará, que ainda não tinha contraído a doença, foram diagnosticados  e estão em isolamento social. A dupla desfalcará o Peixe no clássico de sábado (6), às 19 horas, contra o São Paulo, no Morumbi, pela terceira rodada do Campeonato Paulista.


Logo A Tribuna