Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Pituca prepara torcida do Santos para ascensão e afirmação de Sandry: 'É o Pirlo da Vila'

Jogador do Kashima Antlers não esconde admiração pelo futebol do jovem volante santista: 'Ele é bem melhor do que eu'

Por: Por ATribuna.com.br & Com informações de Bruno Lima &  -  23/02/21  -  13:54
Volante vai se apresentar ao Kashima Antlers e chama colega de 'Pirlo da Vila'
Volante vai se apresentar ao Kashima Antlers e chama colega de 'Pirlo da Vila'   Foto: Ivan Storti/Santos FC e Reprodução/Instagram

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (22), Diego Pituca voltou a lamentar o fato de deixar o Santos sem a conquista de um título, mas também aproveitou o momento para preparar a torcida para a ascenção de outro Menino da Vila, o volante Sandry.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


À espera do visto japonês para se apresentar ao Kashima Antlers, seu novo clube, o volante acredita que Sandry vai suprir sua ausência com tranquilidade. Além de elogiar o garoto, Pituca entregou o apelido do jovem e promissor meio-campista: 'Pirlo da Vila'.


– Acho que essa pessoa [meu substituto] é o Sandry. Ele é bem melhor do que eu. Eu chamo ele de Pirlo da Vila. Eu tenho certeza que ele vai dar muita alegria para a torcida do Santos. Tenho certeza que vai chegar à seleção brasileira. É um menino incrível, tem 18 anos ainda. Acho que ele já é muito melhor do que eu. Acho que o Sandry tem tudo para dar muita alegria para o nosso Peixão – avisa.


Torcedor declarado do Santos, o meio-campista Diego Pituca, do Kashima Antlers, do Japão, entende que deixa a Vila Belmiro com uma dívida.


“Tenho uma dívida, sim. Peço desculpas aos torcedores, porque eu havia dito que só sairia do Santos depois de conquistar um título, mas não consegui. Espero voltar e cumprir essa promessa. Como sempre falo, é um até logo, não é um adeus. Vou voltar para cumprir essa promessa”, declarou o meio-campista.


Famoso por ser um jogador de sorriso fácil, Pituca relembrou o único dia em que o torcedor o viu com o semblante triste.


Pituca pediu desculpas à torcida pelo fato de não ter conseguido conquistar um título
Pituca pediu desculpas à torcida pelo fato de não ter conseguido conquistar um título   Foto: Ivan Storti/Santos FC

“Foi na final da Libertadores, no momento do gol do Palmeiras. Foi complicado, porque quando o Rony cruzou e o Breno Lopes cabeceou, eu estava de frente para o lance. Praticamente no último minuto do jogo. Ali eu caí no chão, porque vi o trabalho indo por água abaixo. Teríamos dois ou três minutos para empatar. Era praticamente impossível. Então foi um abatimento por saber que não conseguiríamos conquistar a Libertadores”.


Logo A Tribuna