Peres admite negociar Bruno Henrique, e atacante revela insatisfação

Em entrevista para A Tribuna On-line, o jogador disse que não gostou de saber que podia ser leiloado

Por: Bruno Lima  -  27/12/18  -  21:41
  Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Apesar do pedido do técnico Jorge Sampaoli, o atacante Bruno Henrique pode sair do Santos. O presidente do Peixe, José Carlos Peres, revelou considerar a hipótese de negociar o atacante e o lateral-direito Victor Ferraz, que interessa ao São Paulo. Para A Tribuna On-line, o camisa 11 da Vila Belmiro não escondeu a insatisfação com o dirigente.

“O Sampaoli chegou e disse que conta com estes jogadores. Mas os atletas têm o desejo de ganhar um salário maior. Vamos resolver nos próximos dias”, disse o presidente à rádio Transamérica.

Procurado pelo site, o atacante demonstrou insatisfação com Peres, que em novembro revelou ter recebido propostas por Bruno Henrique e que, em ocasiões como essa, gostava de fazer leilão para tentar arrecadar mais.

"Quem falou que queria fazer leilão e que havia sete clubes interessados em mim não fui eu. Então, não quero falar sobre isso (saída ou permanência no Santos)”, disse. “Sabendo da importância que os jogadores têm para o time, ele não podia falar isso. Ninguém gosta de saber que pode ser leiloado pelo clube em que joga”.

O Flamengo é o clube que mais demonstrou interesse na contratação de Bruno Henrique. Antes de Sampaoli acertar com o Peixe, a equipe rubro-negra apresentou proposta de R$ 20 milhões pelo atacante com a inclusão de mais dois jogadores, sendo um por empréstimo e outro em definitivo.

À época, os nomes sugeridos eram os do volante Rômulo, que está a um passo de acertar a sua transferência para o Grêmio, do meio-campista Matheus Sávio, de malas prontas para o CSA, e do lateral-esquerdo Renê, que segue no Ninho do Urubu.

A chegada do técnico argentino, contudo, esfriou o negócio. Sampaoli fez uma série de elogios ao atacante e afirmou que gostaria de contar com ele em 2019. Diante do pedido, o presidente alvinegro chegou a dar a permanência de Bruno Henrique como certa.

Porém, um aumento salarial supostamente desejado pelo atleta fez o mandatário repensar a possibilidade de negociação. Entretanto, após a primeira recusa do Peixe, o Flamengo não apresentou nova proposta.

Além do time carioca, o Cruzeiro revelou publicamente a intenção de contar com Bruno Henrique.


Logo A Tribuna