Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Madson lamenta início ruim de jogo e destaca final da Libertadores

Lateral viu um jogo travado, com um adversário que não criou, porém os números mostram o contrário

Por: Fúlvio Feola  -  27/01/21  -  01:24
Madson acredita que Santos perdeu a partida em decorrência dos minutos iniciais
Madson acredita que Santos perdeu a partida em decorrência dos minutos iniciais   Foto: Ivan Storti / Santos FC

O time reserva do Santos não resistiu à força do Atlético-MG no Mineirão e saiu derrotado por 2 a 0, nesta terça-feira (26), em jogo adiado pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Resultado que manteve o Peixe na 10ª colocação com 45 pontos. Para o lateral-direito Madson, o placar não mostra o que aconteceu em campo. Ele acredita que os minutos iniciais definiram o placar do jogo.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


“Todos nós sabemos a importância do jogo de sábado (final da Libertadores). O Cuca tentou montar a melhor equipe hoje, mas creio que foi um jogo travado, decidido nos primeiros 20 minutos. O Atlético praticamente não criou, assim como a gente. É focar no sábado para, quem sabe, buscar o título”, disse Madson, lembrando que o treinador santista montou um time já visando o duelo diante do Palmeiras.


Apesar de Madson acreditar que o adversário não criou, os números não mostram isso. O Galo finalizou dez vezes a gol, enquanto o Santos chutou apenas cinco. Foram 66% de posse de bola para o time comandado por Jorge Sampaoli. Se o Santos obteve 76% de precisão nos passes, o Atlético conseguiu 87%.


Com a derrota desta terça, o Santos volta todas suas atenções para a decisão da Libertadores da América, que pode levar o time alvinegro ao tetracampeonato da competição. A partida acontece no sábado (30), contra o Palmeiras, às 17 horas, no estádio do Maracanã. Pelo Brasileiro, o Peixe retorna contra o Grêmio, na quarta-feira (3), às 16 horas, na Arena do Grêmio, pela 33ª rodada.


Logo A Tribuna