Em sete meses, Santos vende seis titulares que estiveram na final da Libertadores

Transferências movimentaram aproximadamente R$ 140,4 milhões

Por: Bruno Lima  -  10/08/21  -  07:58
 A venda de Kaio Jorge foi acertada por 4 milhões de euros, que representam R$ 27,7 milhões
A venda de Kaio Jorge foi acertada por 4 milhões de euros, que representam R$ 27,7 milhões   Foto: Ivan Storti/Santos FC

Com a venda de Kaio Jorge definida e a de Alison encaminhada, o Santos está em vias de sacramentar a saída do sexto jogador titular na final da última Libertadores, disputada contra o Palmeiras, no Maracanã, no final de janeiro. Ou seja, tudo isso em um intervalo de sete meses.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Daquele time, além da dupla, já deixaram a Vila Belmiro os zagueiros Lucas Veríssimo e Luan Peres, o meio-campista Diego Pituca e o atacante Soteldo.


Essas transferências movimentaram aproximadamente R$ 140,4 milhões a serem pagos, em sua maior parte, parceladamente.


O montante, ou boa parte dele, não tem os cofres santistas como destino. Com uma dívida total que passa dos R$ 600 milhões, o clube quita pendências.


Os US$ 6 milhões (R$ 33 milhões) referentes à venda de Soteldo ao Toronto, do Canadá, por exemplo, foram repassados ao Huachipato, do Chile. O ex-clube venezuelano detinha 50% dos direitos econômicos do atacante e, além disso, recebeu o valor que seria do Santos, porque o Alvinegro não pagou pela compra da outra metade do jogador.


Veríssimo, Luan e Pituca


Dos R$ 107,4 milhões restantes, a maior venda foi a de Lucas Veríssimo para o Benfica, por 6,5 milhões de euros, que, na cotação da época, representaram R$ 41 milhões.


A transferência de Luan Peres para o Olympique de Marseille, da França, no mês passado, não teve o valor revelado pela diretoria santista. Porém, a imprensa francesa noticiou que o negócio foi definido por 4,5 milhões de euros, que, convertidos, significaram R$ 27,6 milhões – dono de 70% dos direitos de Luan Peres, o Santos teria recebido R$ 19,3 milhões.


A saída de Diego Pituca para o Kashima Antlers, do Japão rendeu US$ 1,6 milhão ao Santos. À época, representou R$ 8,3 milhões, referente aos 50% dos direitos que pertenciam ao time da Vila.


Mais R$ 30,5 milhões


As recentes negociações envolvendo Kaio Jorge com a Juventus, e Alison com o Al Hazem, dos Emirados Árabes, trarão mais R$ 30,5 milhões.


Isso porque a venda de Kaio Jorge foi acertada por 4 milhões de euros, que representam R$ 27,7 milhões na cotação do dia, enquanto a de Alison foi encaminhada por US$ 550 mil, que, convertidos, equivalem a R$ 2,8 milhões. Este último negócio, ainda não oficializado, é referente aos 80% que pertencem ao Santos.


Remanescentes


Do time começou a final da última Libertadores, no Maracanã, ainda seguem no clube o goleiro John, os laterais Pará e Felipe Jonatan, o meio-campista Sandry e o atacante Marinho. Naquela partida, também jogaram o zagueiro e lateral-esquerdo Wellington Tim, o lateral-direito Madson e os atacantes Lucas Braga e Bruno Marques.


Logo A Tribuna