Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Em noite sem inspiração, Santos perde para o Fortaleza pelo Campeonato Brasileiro

O time do Ceará bateu o Peixe por 2 a 0 nesta quinta-feira, na Arena Castelão, mantendo o Santos na oitava colocação com 45 pontos

Por: Fúlvio Feola  -  22/01/21  -  00:08
Time santista joga mal na Arena Castelão
Time santista joga mal na Arena Castelão   Foto: Ivan Storti / Santos FC

Em uma noite pouco inspirada, o time reserva do Santos perdeu para o Fortaleza por 2 a 0, nesta quinta-feira (21), na Arena Castelão, em jogo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com este resultado, o Santos segue na oitava colocação da competição, com 45 pontos. Os gols do Fortaleza foram marcados por Juninho, de pênalti, e Wellington Paulista.


O Santos teve um pouco mais de posse bola que o adversário, mas não foi efetivo, pouco criou e não deu trabalho ao goleiro ao Felipe Alves. Jean Mota, no primeiro tempo, teve a oportunidade de colocar o Santos na frente do marcador, mas bateu muito mal um pênalti. Os defensores santistas também não estiveram bem no jogo. O Peixe foi um time apático e abaixo do que tem mostrado ultimamente.


O próximo compromisso do Santos será contra o Goiás, neste domingo(24), às 18h15, na Vila Belmiro, em jogo válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Fortaleza arrisca mais, Santos perde pênalti


Mesmo de forma truncada, quem começa dando as cartas é o Fortaleza. Osvaldo e Mariano Vázquez ficaram impedidos em duas oportunidades com menos de um minuto de partida. Até os 10 minutos iniciais, o Fortaleza seguiu pressionando, mas a defesa santista, bem postada, se segurou.


Aos 13 minutos, saiu o primeiro chute a gol do confronto. E foi do Peixe. O volante Guilherme Nunes, que só entrou como titular porque Alex sentiu dores no aquecimento, pegou uma sobra de fora da área e chutou forte, mas a bola passou por cima do gol de Felipe Alves.


O Fortaleza seguiu com mais posse bola, tocando, mas permaneceu sofrendo com a forte marcação santista. Aos 17 minutos, Madson realizou bom cruzamento na área, mas Arthur Gomes furou em uma tentativa de meia-bicicleta.


O Fortaleza seguiu em cima e, aos 33 minutos, em cobrança de escanteio, o lateral Gabriel Dias cabeceou de raspão na bola, que passou perto da trave.


O Santos tentou responder. Felipe Jonatan, aos 36 minutos, avançou pelo lado esquerdo e cruzou para Marcos Leonardo desviar de cabeça para fora. Um minuto depois, o lateral-esquerdo do Peixe novamente cruzou e Madson também cabeceou para fora.


Aos 41 minutos, Lucas Braga faz boa jogada pela direita e cruzou. A bola bate no braço de Jackson. O VAR checou e o pênalti foi marcado. Porém, Jean Mota bateu muito mal e facilitou a defesa de Felipe Alves.


No último lance de perigo da primeira etapa, David invadiu a grande área pela esquerda e deu um belo chute cruzado. João Paulo salvou o Peixe.


Santos sem inspiração, Fortaleza fecha o caixão


O segundo tempo mal começa, e Madson comete um pênalti infantil em Osvaldo. Vázquez rolou bola para o atacante do Fortaleza, que foi derrubado pelo lateral do Peixe. Diferente de Jean Mota, Juninho bateu com categoria, bola de um lado, goleiro do outro, e fez 1 a 0.


O jogo seguiu truncado e, aos 7 minutos da segunda etapa, saiu o primeiro cartão amarelo da partida.


O volante Felipe, do Fortaleza, derrubou o Jean Mota e foi advertido pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro.


O Leão cearense voltou a arriscar mais. Aos 12 minutos, Romarinho fez ótima jogada individual e rolou bonito para Vázquez. Sozinho, o meia argentino chutou para fora.


Enderson Moreira mexeu no time. Coloca Wellington Paulista entrou no lugar de Vázquez, e Yuri César na vaga de Osvaldo. Cuca também resolveu mexer. Lucas Lourenço trocou com Jean Mota e Bruno Marques com Marcos Leonardo.


Aos 20 minutos, teve golaço. E foi do Fortaleza. Yuri César deu um bonito passe para Wellington Paulista, que dominou com classe, viu João Paulo se deslocando e tocou bonito, encobrindo o arqueiro.


O Santos tentou despertar na partida, mas não acertou. O Ceará segue mexendo, colocando Tinga no lugar de Felipe e Ronald na vaga de Romarinho, que saiu com dores. E o Leão seguiu mais perigoso. Wellington Paulista entrou bem na partida e, aos 29 minutos, deu um belo cabeceio por cima do gol de João Paulo.


Cuca tentou fazer algo para mudar o jogo, já que seu time não conseguiu preocupar o adversário. Entraram Wagner Leonardo e Tailson, saíram Arthur Gomes e Guilherme Nunes. O Santos arriscou bolas aéreas, tentando encontrar Bruno Marques e seus quase dois metros de altura, mas em vão. Ângelo, menino ainda, entrou no lugar de Lucas Braga.


Aos 42 minutos, Wellington Paulista deu uma entrada violenta em Lucas Lourenço. Lance para, no mínimo, cartão amarelo. Árbitro deu apenas falta, após utilizar o recurso do VAR. A noite foi de pouca inspiração ao Santos, que saiu derrotado da Arena Castelão.



Ficha técnica


Fortaleza 2 x 0 Santos FC


Arena Castelão - 19 horas - Fortaleza (CE)


Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (MG); Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)


Gols - Juninho (For), aos 2 do 2º tempo; Wellington Paulista (For), aos 20


Cartão Amarelo - Felipe (For), Romarinho (For)


Fortaleza - Felipe Alves; Gabriel Dias, Paulão, Jackson e Carlinhos; Juninho (Derley), Felipe (Tinga) e Mariano Vázquez (Wellington Paulista); Osvaldo (Yuri César), David e Romarinho (Ronald). Técnico: Enderson Moreira


Santos FC - João Paulo; Madson, Laércio, Luiz Felipe (z) e Felipe Jonatan; Guilherme Nunes (Tailson), Sandry, Jean Mota (Lucas Lourenço); Lucas Braga (Ângelo), Marcos Leonardo (Bruno Marques) e Arthur Gomes (Wagner Leonardo). Técnico Cuca


Logo A Tribuna