Em clássico equilibrado, Palmeiras vence Santos e dispara na liderança do Brasileiro

Verdão dominou primeiro tempo, mas deixou rival reagir na segunda etapa; Victor Luis garante os 3 pontos

Por: Bruno Gutierrez  -  04/11/18  -  00:07
  Foto: Luis Moura / WPP/Folhapress

O Palmeiras venceu o Santos por 3 a 2 neste sábado (3), na Arena Palmeiras, em partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado mantém o Verdão firme na luta pelo título nacional.


Os gols dos donos da casa foram marcados por Dudu, Edu Dracena e Victor Luis. Copete e Dodô descontaram para os visitantes. Com o resultado, o líder do Campeonato Brasileiro chegou aos 66 pontos e pode abrir até sete pontos de vantagem para o 2º lugar na tabela. O Alvinegro estacionou na 7ª colocação, com 46 pontos.


Na próxima rodada, o Palmeiras vai a Belo Horizonte para encarar o Atlético-MG, no dia 11, às 17h, no estádio Independência. Já o Santos recebe a Chapecoense, no dia 12, às 20h, no Pacaembu, em São Paulo.


Palmeiras aproveita as chances e Santos não ameaça


O primeiro tempo foi de domínio palmeirense, principalmente, nos primeiros 15 minutos. A primeira chance veio logo aos 2 minuitos. Após cobrança de escanteio, Edu Dracena desviou, de cabeça, e jogou por cima do gol de Vanderlei.


Três minutos depois, Borja recebeu lançamento de Bruno Henrique e encontrou Lucas Lima entre os zagueiros. O ex-santista bateu forte e Vanderlei fez a defesa.


O Verdão abriu o placar aos 13 minutos. Jean recebeu lançamento de Weverton no meio-camo e carregou a bola até a entrada da área. Ele passou para Borja, que girou em cima da marcação e chutou. O goleiro santista espalmou e, no rebote, Dudu empurrou para o gol vazio.


Na sequência, o jogo ficou amarrado no meio de campo, com os times sem criar grandes oportunidades. O duelo foi marcado por muitas faltas e cartões distribuidos. Foram quatro jogadores amarelados na primeira etapa, sendo três santistas (Luiz Felipe, Gabriel e Derlis González), além de Edu Dracena.


O Palmeiras encontrou o segundo gol somente aos 39 minutos. Após cobrança de escanteio, novamente Edu Dracena subiu sozinho e cabeceou no canto do gol santista.


Em um primeiro tempo abaixo da média, o Santos só ameaçou aos 43 minutos. Após escanteio, Gustavo Henrique cabeceou, Antonio Carlos ainda desviou a finalização e a bola passou perto do gol de Weverton.


Santos reage, mas Victor Luis dá vitória ao Palmeiras


Insatisfeito com o time, Cuca fez duas alterações. Sacou Alison e Rodrygo para as entradas de Bryan Ruíz e Copete. Logo no primeiro minuto, o Santos finalmente passou a agredir o rival. Derlis González encontrou Sánchez dentro da área. O camisa 7 chutou cruzado, Weverton espalmou e Copete não chegou no rebote.


A resposta palmeirense veio aos 5 minutos. Dudu recebeu belo lançamento e tentou deslocar Vanderlei, mas goleiro se recuperou e ficou com a bola.


O primeiro gol santista saiu aos 9 minutos. Dodô cruzou, Carlos Sánchez desviou de cabeça, a bola bateu na marcação e sobrou para Copete chutar e diminuir.


Melhor em campo na segunda etapa, o Peixe empatou dez minutos depois. Copete cruzou para a área, Derlis González disputou bola com Edu Dracena, e ela sobrou para Dodô, que tocou entre as pernas de Weverton para balançar as redes.


Com o empate, Luiz Felipe Scolari decidiu dar maior poder de marcação ao Verdão ao sacar Lucas Lima para colocar Felipe Melo. E o Palmeiras ficou na frente, novamente, aos 25 minutos. Victor Luis cobrou falta, a bola desviou em Derlis González e Vanderlei não conseguiu fazer a defesa.


A resposta santista veio aos 27 minutos. Dodô faz bom cruzamento para Gabriel, mas o camisa 10 não conseguiu fazer o cabeceio. Sánchez também estava no lance e não alcançou a bola.


Os técnicos resolveram mexer. Cuca sacou Derlis González para colocar Bruno Henrique, enquanto Felipão tirou Jean para a entrada de Guerra. Aos 35 minutos, o Santos perdeu Diego Pituca, que foi expulso após receber o segundo cartão amarelo.


Em vantagem no placar e no campo, o Palmeiras passou a tentar diminuir o ritmo de jogo e segurou o resultado.


Ficha técnica:


Palmeiras - Weverton; Jean (Guerra), Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Thiago Santos, Bruno Henrique, Lucas Lima (Felipe Melo) e Gustavo Scarpa; Borja (Deyverson) e Dudu. Técnico: Luiz Felipe Scolari.


Santos - Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Dodô; Alison (Bryan Ruíz), Diego Pituca e Carlos Sánchez; Rodrygo (Copete), Gabriel e Derlis González (Bruno Henrique). Técnico: Cuca.


Gols - Dudu, aos 13, Edu Dracena, aos 39 minutos do 1º tempo e Victor Luis, aos 25 minutos do 2º tempo (Palmeiras); Copete, aos 9 e Dodô aos 19 minutos do 2º tempo (Santos).


Cartões amarelos - Edu Dracena e Lucas Lima (Palmeiras); Luiz Felipe, Gabriel, Derlis González, Victor Ferraz e Diego Pituca (Santos).


Cartão vermelho - Diego Pituca (Santos).


Árbitro -Braulio da Silva Machado (AB/SC).


Público -38.938 espectadores.


Renda -R$ 2.723.126,86.


Logo A Tribuna