Desabafo de Bustos desagrada jogadores do Santos após derrota para o Corinthians

Entrevista coletiva do treinador argentino após a goleada sofrida para o Corinthians incomodou várias pessoas no clube

Por: Fúlvio Feola  -  23/06/22  -  10:23
 Treinador santista não agradou elenco após coletiva de imprensa na Neo Quimica Arena
Treinador santista não agradou elenco após coletiva de imprensa na Neo Quimica Arena   Foto: Ivan Storti/Santos FC

O clima no Santos ficou ruim. Se enquanto o time havia perdido em oito oportunidades e vencido apenas uma o ambiente era ameno, em alguns momentos até leve, após a goleada por 4 a 0 diante do Corinthians, nesta quarta (22), na Neo Quimica Arena, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, as coisas mudaram.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios


Vários jogadores e dirigentes do Alvinegro Praiano não gostaram da postura do técnico Fabián Bustos ao conceder entrevista coletiva e não preservar o elenco. Disse que apenas Marcos Leonardo e João Paulo se salvaram e outras coisas que incomodaram os jogadores. Todos acreditavam que o correto seria o tradicional "roupa suja se lava em casa". Essa medida foi tomada pelo executivo de futebol Edu Dracena, que foi mais ponderado com a imprensa e duro com os jogadores no vestiário.


No Santos existe uma preocupação grande em não mudar mais de técnico durante a temporada. Além de não dar prosseguimento ao trabalho, essa postura é vista como amadora por algumas pessoas dentro do Alvinegro Praiano.


Para o técnico Fabián Bustos ser mantido no cargo, uma nova derrota para o mesmo Corinthians, agora pelo Campeonato Brasileiro, neste sábado (25), às 19 horas, no campo do rival, pode se tornar algo insustentável.


A manutenção de Bustos já é algo discutido no clube. Porém, Andres Rueda e Edu Dracena trabalham com muita cautela. O problema é que o treinador argentino já não conta mais com o apoio de todos no CT Rei Pelé.


No comando do Peixe, Fabián Bustos trabalhou em 25 jogos, obtendo oito vitórias, 10 empates e sete derrotas.


Logo A Tribuna