Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Cuca vê méritos do adversário, mas assume responsabilidade pela derrota: 'Fui eu que fui mal hoje'

Treinador fala do apagão da equipe na derrota por 4 a 3 diante do Goiás, neste domingo (24)

Por: Sandro Thadeu  -  25/01/21  -  01:03
Cuca assume a responsabilidade da derrota para o Goiás
Cuca assume a responsabilidade da derrota para o Goiás   Foto: Ivan Storti / Santos FC

O técnico Cuca chamou para si a responsabilidade pela inesperada derrota do Santos para o Goiás, por 4 a 3, na Vila Belmiro, na noite de ontem. Após ter dominado a etapa inicial e aberto 2 a 0 no placar, a equipe teve um “apagão” no segundo tempo e levou a virada do time esmeraldino.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


“Fui eu que fui mal hoje. Os jogadores não têm culpa pela derrota. Mérito do adversário, que teve coragem e colocou o quarto atacante. E demérito meu, não mexi bem, não fiz as coisas corretas hoje. Culpa da derrota é minha, não de algum jogador”, afirmou.


O técnico lamentou que dois gols sofridos saíram de erros na saída de bola da equipe, o que não é comum. Além disso, ele não ficou satisfeito por ter tomado dois tentos após cobranças de escanteio.


“Foi desatenção, temos trabalhado bem. Sabemos da bola aérea do Goiás. No primeiro gol, nem foi difícil, foi bola rápida e erro de posicionamento. E aí é erro do treinador. Cabe a mim arrumar isso”, explicou.


Cuca também evitou atribuir a derrota a possíveis erros de arbitragem. “Foi um jogo muito mal jogado de nossa parte e muito bem jogado por parte do Goiás. Mesmo que a gente venha questionar que tivemos um pênalti claro quando estava 2 a 0 no placar e que o próprio pênalti do Goiás ocorreu fora da área, acho que não cabe o árbitro essa derrota”, justificou.


Logo A Tribuna