Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Cuca lamenta derrota para o Galo, mas elogia comportamento dos garotos do Santos

Após três derrotas consecutivas, o treinador santista vislumbra maturar seus jogadores mais jovens e cobra empenho e dedicação de todos, algo que ele acredita estar conseguindo

Por: Fúlvio Feola  -  27/01/21  -  02:16
Apesar da derrota, Cuca elogia postura dos meninos do Peixe
Apesar da derrota, Cuca elogia postura dos meninos do Peixe   Foto: Ivan Storti / Santos FC

O Santos vem de três derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro. Além de perder para o Atlético-MG por 2 a 0, nesta terça-feira (26), o time perdeu para o Goiás (4 a 3) e Fortaleza (2 a 0). Apesar dos resultados adversos, o técnico Cuca acredita que não pode cobrar vitórias deste elenco que tem entrado em alguns jogos. Ele vislumbra maturar seus jogadores mais jovens e cobra empenho e dedicação de todos.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


“O Santos não vence há três jogos. Fortaleza em Fortaleza com esse time, hoje com esse time aqui. Não posso cobrar vitórias. Posso cobrar entrega, empenho, atitude e organização. E eles têm me dado. O que é feito por nós é o mais certo possível, pensando no sábado e no futuro do Santos. Quanto vale ter 21 aqui e 17 da base? Terminar o jogo com quase todos da base contra candidatos ao título como Galo, Flamengo e São Paulo? Amadurecem muito e não há influência no jogo de sábado”, disse o treinador, que acredita que os resultados não interferem para a decisão de sábado (30).


Cuca pode estar certo na questão de amadurecer seu elenco e não desgastar seus principais jogadores para a final da Libertadores, porém a posição na tabela não é confortável. Em 32 rodadas, o time está em 10º lugar, soma 45 pontos, e não figura entre as equipes que garantem vaga para a próxima Libertadores. Uma derrota para o Palmeiras pode ser fatal para as pretensões do Peixe.


Nos últimos três jogos, o Santos sofreu oitos gols e marcou apenas três. Cuca já admitiu, na rodada passada, que ele precisará trabalhar o setor defensivo do time, sendo que a zaga titular, composta por Luan Peres e Lucas Veríssimo, sofreu quatro gols contra os goianos, que estão na 18ª colocação do Brasileiro.


Logo A Tribuna