Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Cuca cita Holan e diz que novo treinador vai ter que trabalhar com a base

Após o triunfo no clássico, o treinador elogiou o técnico Ariel Holan, favorito para substituí-lo no comando da equipe

Por: Bruno Lima  -  18/02/21  -  01:48
Cuca fala que conhece o trabalho de Ariel Holan
Cuca fala que conhece o trabalho de Ariel Holan   Foto: Ivan Storti / Santos FC

Apesar de não esconder a felicidade pela vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, Cuca já fala em tom de despedida do Peixe. E após o triunfo no clássico, o treinador elogiou o técnico Ariel Holan, favorito para substituí-lo no comando da equipe.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Segundo Cuca, se for confirmado como novo comandante do Santos, o treinador argentino irá encontrar um ótimo ambiente para trabalhar.


“Conheço (o Holan) de jogar contra naquelas partidas de 2018 pela Libertadores, contra o Independiente, da Argentina. Era um time muito bem ajustado. Ele acabou de ser campeão no Chile com a Universidade Católica. Tem outros nomes falados que também são bons, como o Tiago Nunes, o Lisca, o Fernando Diniz, mas é uma questão de escolha da diretoria. O meu legado para o próximo treinador será o ambiente que esses meninos têm aqui. Quem vier vai encontrar um clima ótimo para trabalhar, todos remam a favor”, disse o treinador santista, que deixar a Vila Belmiro após o Campeonato Brasileiro.


Cuca também já tratou de adiantar para o sucessor que o trabalho no Santos nesta próxima temporada será basicamente com os meninos das categorias de base.


“Vai ser a tendência. Não vou ficar falando dos problemas, mas vai ser isso aí e todos sabem. Mas tem uma coisa: os meninos são cascudos. E o Santos tem uma diferença da maioria dos outros clubes que é a aceitação que o torcedor tem com a base. Aqui é mais difícil você contratar do que mexer com a base. São coisas que a gente vai aprendendo no nosso cotidiano”, finalizou.


Logo A Tribuna