Com um jogador a mais, Santos leva empate do Mirassol nos acréscimos

Resultado mantém o Peixe na liderança do Grupo A e na classificação geral do Paulistão

Por: Ted Sartori  -  11/02/24  -  20:22
Atualizado em 12/02/24 - 19:24
Hayner abriu o placar para o Santos no primeiro tempo
Hayner abriu o placar para o Santos no primeiro tempo   Foto: Raul Baretta/ Santos FC

Mesmo com um jogador a mais, o Santos ficou no empate por 2 a 2 com o Mirassol, neste domingo (11), no Estádio Municipal José Maria de Campos Maia, pela sétima rodada do Paulistão.


Clique aqui para seguir agora o novo canal de A Tribuna no WhatsApp!


Com o resultado, o Peixe, que sofreu a igualdade aos 45 minutos do segundo tempo, foi aos 16 pontos e segue como líder do Grupo A do Paulistão, além de ocupar a ponta na classificação geral, encaminhando cada vez mais sua passagem às quartas de final. O São Paulo é o próximo desafio santista, quarta-feira, às 19h30, no Morumbis.


O Santos abriu o placar aos 14 minutos do primeiro tempo. Em uma inversão de laterais, da direita para a esquerda, Aderlan encontrou Hayner, que dominou, fintou e bateu cruzado no canto esquerdo. A bola desviou em Rodrigo Ferreira e traiu o goleiro Alex Muralha.


Não demorou para que o Mirassol empatasse. Aos 20, Danielzinho disparou pela direita e o cruzamento parecia um chute, tamanha a força. A zaga do Peixe não cortou e Dellatorre se esticou para concluir com um carrinho: 1 a 1.


O gol fez a equipe do Interior crescer e criar as melhores oportunidades da etapa inicial. No chute de fora da área de Danielzinho, aos 25, a bola quicou e quase enganou João Paulo, que conseguiu espalmar. Já nos acréscimos, aos 46, Negueba tabelou com o próprio Danielzinho e arriscou: a bola passou rente à meta do goleiro santista. Antes, em outros dois lances sequenciais, aos 41 e aos 42, o Mirassol usou a cabeça e levou perigo com Negueba e Luiz Otávio, respectivamente.


Nesse período, além da bola na rede, o Santos conseguiu assustar apenas no arremate de Marcelinho, que, aos 38, após receber de Aderlan, mandou pertinho de Alex Muralha.


Dois gols

Para a volta ao segundo tempo, Fábio Carille promoveu a entrada de Morelos em lugar de Nonato, reforçando o aspecto ofensivo do Santos.


O Mirassol continuou dando trabalho para João Paulo, porém a equipe do Interior perdeu Rodrigo Ferreira aos 15. O lateral-direito foi expulso, depois de levar dois cartões amarelos em quatro minutos.


As entradas de Otero e João Schmidt reconstituíram, de vez, a condição do meio-campo e do ataque do Peixe, de modo a pressionar o Mirassol.


O Santos fez o segundo gol aos 36. O lance começou quando Souza - jovem de 17 anos que estreou nos profissionais e disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior - cruzou da esquerda para a conclusão de Otero, que virou passe para a cabeçada de Willian Bigode.


Quando tudo parecia definido a favor do Peixe, o Mirassol chegou ao empate aos 45. No cruzamento de Gabriel para a área, João Schmidt desviou para trás e Mário Sérgio tocou, tirando de João Paulo: 2 a 2.


Tudo sobre:
Logo A Tribuna
Newsletter