Bauermann diz que faltou vontade ao Santos e aposta em virada na Vila

Zagueiro foi o único a falar na zona mista ao deixar o estádio depois da partida contra o Corinthians

Por: Bruno Lima  -  23/06/22  -  00:54
Bauermann manifestou estar envergonhado, mas acreditando em uma reviravolta na partida de volta
Bauermann manifestou estar envergonhado, mas acreditando em uma reviravolta na partida de volta   Foto: Ivan Storti/SFC

O sentimento do zagueiro Eduardo Bauermann ao deixar a Neo Química Arena, após a goleada por 4 a 0 para o Corinthians, na noite desta quarta-feira (22), pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, foi de vergonha. Único jogador do Peixe a falar na zona mista ao deixar o estádio, o defensor santista afirmou que faltou vontade à equipe.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


"O nosso sentimento é igual ao do torcedor. Perder faz parte, mas não do jeito que foi nesta noite. Não podemos aceitar. Foi uma vergonha, uma camisa tão pesada como essa, não pode faltar atitude, vontade, como faltou. E isso foi determinante para esse resultado. Mas Deus é tão bom que no sábado (às 19 horas, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro) temos uma nova oportunidade e tenho certeza de que vai ser tudo diferente", disse Bauermann.


Questionado sobre o que causou tamanha fragilidade diante do Corinthians, o zagueiro seguiu no desabafo: "Faltou personalidade, coragem e ver a grandeza desse clássico. Não podíamos ter feito o que nós fizemos hoje. Saímos daqui envergonhados. Isso não podia acontecer".


Bauermann, contudo, não jogou a toalha em relação à classificação. Na visão do zagueiro, o Peixe segue vivo na briga por um lugar nas quartas de final da Copa do Brasil.


"Não tem nada descartado. Estamos aqui dispostos a dar o nosso melhor, e buscar a classificação. Do mesmo jeito que eles fizeram quatro gols, nós podemos fazer quatro gols na Vila e avançar", finalizou.


Logo A Tribuna