Ao ataque, Jorge Sampaoli!

Novo técnico santista impressiona diretoria pela vocação ofensiva, em harmonia com o DNA do Peixe

Por: Bruno Lima  -  23/12/18  -  13:09
  Foto: Vanessa Rodrigues / AT

Após muita indefinição e tentativasfrustradas,o Santos tem um treinador. O argentino Jorge Sampaoli foi apresentado na última terça-feira,no Museu do Futebol, no Pacaembu, em São Paulo. Ele chega para substituir Cuca e recuperar o famoso DNA ofensivo do clube que mais fez gols na história do futebol: 12.510, nas própriascontas santistas.


Após campanhas apenas regulares com Jair Ventura e o próprio Cuca, a esperança é que Sampaoli,contratado por dois anos, consiga preparar um time artilheiro, capaz de brigar por títulos. O mais entusiasmado com o projeto é o presidente José Carlos Peres, que não esconde o otimismo e diz estar impressionado com o argentino, pelo fato de ele ter vocação ofensiva.


“Estou impressionado com ele. O Sampaoli tem os conceitos ofensivos do clube e nós estávamos procurando justamente um treinador com o DNA ofensivo do Santos.Não adianta trazer um técnico que pensa em esquemas mais recuados ou que pensa em jogar por apenas uma bola. Já sofri muito com isso e não quero mais. Queria um treinador que pensasse para frente e elepensaparafrente”, declarou Peres, criticandoveladamente os técnicos que privilegiam a defesa.


ESQUEMA


O presidente do Santos também comemorou o fato de ter conceitos semelhantes aos de Sampaoli quando o assunto é a formação de um time de futebol.


“Ele tem a minha ideia antiga de futebol, que é ter uma coluna vertebral com um goleiro, os zagueiros, o volante e o atacante. Nem coloco o 10, que é o responsávelpor municiar os atacantes.Se tivermos isso e conseguirmos colocar os mais jovens no grupo, eles vão aprender bastante com os mais experientes”, afirmou o dirigente, que chegou a classificar a apresentação de Sampaoli como um marco não só na história do Santos, mas também do futebol brasileiro.


Em suas primeiras palavras como treinador do Santos, Jorge Sampaoli garantiu estar preparado para colocar a equipe no ataque. “Costumo pensar mais no gol adversário do que no meu”,comenta.


ELENCO


Para executar a missão, o argentino vai precisar de reforços.Atéagora,adiretoria não anunciou nenhuma contratação. Na verdade, a prioridade do momento é manter o lateral-esquerdo Dodô, cujo empréstimo da Sampdoria vence no próximo dia 31. O Santos diz já ter um acordo com os italianos para comprar os direitos dojogador, falta o acerto com o próprio.


DISPENSAS?


Jorge Sampaoli deve dispensar 16 atletas para 2019.A intenção do treinador é trabalhar com 24 jogadores – hoje, o elenco do Santos tem40, segundo informa o portal UOL. Dentre os nomes que não devem permanecer, é citado o zagueiro Fabian Noguera, que retorna de empréstimo. Comas dispensas, a diretoria espera economizar até R$ 1milhão por mês.


Logo A Tribuna