Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Antes de 'jogo da década', Madson vê elenco preparado para enfrentar o São Paulo

Lateral vê grupo com qualidade para realizar uma boa partida no clássico

Por: Por A Tribuna.com.br  -  09/01/21  -  17:41
Atualizado em 09/01/21 - 17:56
Madson deve ser titular contra o São Paulo
Madson deve ser titular contra o São Paulo   Foto: Ivan Storti / Santos FC

Antes do confronto diante do Boca Juniors, que vai definir um dos finalistas da Libertadores da América, o Santos precisa focar no Campeonato Brasileiro. O time comandado pelo técnico Cuca enfrenta o São Paulo, neste domingo (10), às 16 horas, no Morumbi, pela 29ª rodada da competição nacional.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Com um provável time reserva, já visando o compromisso de quarta (13) contra os argentinos, o lateral-direito Madson vê um grupo de qualidade e com chances de realizar uma boa partida diante do líder do Brasileiro. “Temos essa chance de mostrar que o elenco é forte. Internamente, nós sabemos que o grupo é qualificado, mesmo com muitos jogadores que vieram da base, pois eles já possuem grande experiência em campeonatos de categorias de formação e isso faz com que cheguem bem ao time profissional. Quem está aqui tem qualidade, o grupo é forte e, independentemente de quem vai jogar contra o São Paulo ou o que o professor Cuca usará como estratégia, o Santos vai estar bem representado para dar o máximo e buscar a vitória no domingo e a classificação na quarta-feira”, disse o jogador.


O time não poderá contar com o goleiro John e o zagueiro Wagner Leonardo, ambos com covid-19, e também com o lateral-esquerdo Felipe Jonatan, suspenso.


Madson está empolgado e ansioso para enfrentar o Boca. O atleta, inclusive, considera a partida de quarta como o “jogo da década” para o Peixe. “Quarta-feira será o jogo da década para o clube. Tirando a final de 2011, em que o Santos disputou e conquistou o título, essa semana com certeza é a mais importante da década. Clássico difícil no domingo e semifinal de Libertadores em seguida. A equipe está bem focada e motivada para atuar bem no domingo e, na quarta, seguir em busca da classificação”, disse o ala.


O Santos não pode "abandonar" o Brasileiro, pois em caso de eliminação na Libertadores o time precisa se classificar para a competição sul-americana com uma vaga conquistada no Nacional. A equipe santista está em oitavo lugar, com 39 pontos. São 27 jogos, 10 vitórias, nove empates e oito derrotas. O Peixe marcou 38 gols e sofreu 35. Marinho, com oito gols, é o artilheiro alvinegro no Brasileirão, com dois gols a menos que o principal goleador do certame, Tiago Galhardo, do Internacional.


Logo A Tribuna