EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

16 de Novembro de 2019

Novo presidente da Portuguesa Santista, Antônio Carlos de Abreu Ribeiro promete evolução

Mandatário da Briosa pelo próximo biênio foi eleito por aclamação nesta quinta-feira

A Portuguesa Santista tem um novo presidente. Por aclamação, Antônio Carlos de Abreu Ribeiro foi eleito mandatário da Briosa pelo próximo biênio em assembleia de associados do clube realizada na noite desta quinta-feira (24), em Ulrico Mursa.

Até outubro de 2021, Antônio Carlos, conhecido na Portuguesa Santista como Carlão, promete dar continuidade no trabalho que vinha sendo executado pela gestão anterior, mas com evolução. "Gostaria de frisar isto: que a continuação tem que ser uma evolução. Evoluir de forma constante, honesta e clara", disse, à Tribuna On-Line.

Antônio Carlos comanda o clube a partir desta sexta-feira (25). Ao seu lado, trabalhará o vice-presidente Vinícius Bamondes. O agora ex-presidente Emerson Coelho permanecerá no clube, só que, agora, como diretor de esportes. A diretoria será composta, ainda, por Cassiano Carduz, que foi apontado como gerente de futebol antes mesmo do fim do mandato de Emerson.

Criado nas dependências da Briosa, o novo mandatário confessa ter se candidatado à presidência em memória de seu pai. "Nasci dia 20 de novembro, no dia da Portuguesa Santista. Meu pai foi diretor, minha mãe também. Mas, mais importante do que isso, sou um apaixonado pela Portuguesa. Sou torcedor", admitiu.

Seu trabalho será pautado em duas vertentes, segundo ele. Uma delas é o futebol, ao ele confia os trabalhos de Cassiano e de Sérgio Guedes, que assinou um novo contrato para comandar a equipe rubro-verde na temporada 2020.

"Ele [Sérgio] é um homem que só temos elogios. Pessoa da melhor qualidade. Profissional da melhor qualidade. Ele ama a Portuguesa Santista. Ele tinha propostas melhores, mas ele foi um homem muito honesto e preferiu ficar na Portuguesa Santista por justamente confiança no trabalho que vinha sendo com o Emerson", comentou Antônio Carlos.

A outra parte em que sua gestão focará é a social. O novo presidente quer aumentar o número de associados, melhorar a estrutura do clube, os equipamentos, e unir a agremiação aos trabalhos sociais da cidade de Santos, para, assim, fortalecer a Portuguesa Santista.

"Além do futebol, nós temos o hóquei, futebol society, o campo de areia, a academia, que será reaberta, se Deus quiser. Queremos movimentar mais a piscina, melhorar as estruturas. A minha promessa para os torcedores e para os associados é trabalho e honestidade", finalizou.

Tudo sobre: