EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

18 de Outubro de 2019

Em casa, Portuguesa Santista arranca empate com a de Desportos pela A2

A Briosa conseguiu empatar em 2 a 2 com a Lusa no fim do jogo, realizado nesta quarta

A Portuguesa Santista recebeu a de Desportos na noite desta quarta-feira (30) em Ulrico Mursa. O clássico lusitano, válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Série A2, terminou em 2 a 2, com a Briosa arrancando o empate no fim do jogo com um gol de pênalti. Com todos os gols acontecendo no segundo tempo, Rodriguinho e Carlos Alberto maracaram para os donos da casa, enquanto que Gerley e Kleiton Domingues anotaram os gols da Lusa.

Com o empate, a Briosa se mantém na terceira colocação da A2 com sete pontos ganhos de 12 disputados, enquanto que a Lusa fecha a rodada com três pontos ocupando a 12ª posição. Na próxima rodada, a Briosa vai até Penápolis enfrentar a Penapolense às 10h no domingo (3). A Lusa, no Canindé, recebe o Sertãozinho, às 16h, também no domingo (3).

O primeiro tempo foi todo do time da casa, que converteu a posse de bola em chegadas ao ataque. No campo ofensivo, a Briosa usou sua arma mais poderosa no estadual até agora - a bola na alçada na área - em alguns lances. O que chegou mais perto de abrir o placar foi um cabeceio do volante Tufa. A bola, no entanto, saiu pelo canto do goleiro Dida. Já o arqueiro John mal trabalhou nos primeiros 45 minutos.

A maioria das jogadas pelas laterais saía pelo lado esquerdo, já que a Portuguesa Santista perdeu uma importante peça para a partida. O lateral-direito e capitão Rafael Ferro não atuou. Antes mesmo da bola rolar, o jogador sentiu um desconforto e não foi para o jogo. Ainda no primeiro tempo, Carlos Alberto cobrou falta com perigo, rente ao travessão, quase anotando o primeiro gol do jogo.

Na volta do intervalo, os visitantes equilibraram o jogo e, dessa forma, abriram o marcador. Aos 14 minutos, Gerley aproveitou contra-ataque, driblou John e empurrou para o gol. Pouco tempo depois, a Briosa teve chance de empatar com Diego Palhinha. O camisa 10 da Briosa aproveitou rebote e chutou cruzado, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O empate só foi acontecer aos 25 minutos. Depois de martelar na área, a equipe santista, com muita insistência, fez 1 a 1. Rodriguinho foi o autor do tento, balançando as redes pela terceira vez na competição em quatro jogos. A Briosa não teve muito tempo para comemorar já que, cinco minutos depois, em mais uma jogada de contra-ataque, Hudson correu com a bola em direção ao gol de John e passou para Kleiton Domingues empurrar para o fundo da rede, anotando 2 a 1 no marcador.

O placar final foi fechado quando o relógio estava perto de marcar 45 minutos da etapa final. Rodriguinho cruzou na área, a bola bateu na mão de Polidoro, defensor da Lusa. Em cima do lance, o árbitro assinalou pênalti. Com convicção e sem titubear, Carlos Alberto converteu e fez a torcida presente em Ulrico Mursa ir à loucura com o empate sofrido.

Cerca de 3.400 torcedores acompanharam o clássico lusitano em Ulrico Mursa (Foto: Nathalia Perez/AT)

Ficha técnica

Portuguesa Santista 2 x 2 Portuguesa de Desportos

Local - Estádio Ulrico Mursa, em Santos

Público / Renda - 3447 torcedores / R$ 54.040

Árbitro - Rafael Gomes Feliz da Silva

Gols - Rodriguinho e Carlos Alberto (Portuguesa Santista); Gerley e Kleiton Domingues (Portuguesa de Desportos)

Portuguesa Santista - John; Balardin, Dema, Luiz Eduardo e Boré; Acleisson, Carlos Alberto, Tufa e Diego Palhinha; Wesley e Rodriguinho. Técnico: Sérgio Guedes

Portuguesa de Desportos - Dida; Hudson, Lucas Bahia, Polidoro, e Bruno Costa; Jonatas Paulista, Paulinho, Gerley e Henrique Motta; Matheus Rodrigues e Kleiton Domingues. Técnico: Luís Carlos Martins

Tudo sobre: