EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

18 de Outubro de 2019

De virada, Portuguesa Santista bate Penapolense e segue na cola dos líderes da A2

Briosa venceu a Pantera do Noroeste, por 2 a 1, no estádio Tenente Carriço

A Portuguesa Santista venceu de virada o Penapolense, na manhã deste domingo (3), por 2 a 1, no estádio Tenente Carriço, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Paulista Série A2. Osmar abriu o marcador para os donos da casa, enquanto Carlos Alberto e Rayllan viraram o placar para os visitantes.

Com o resultado, a Briosa continua a caça aos líderes, na terceira posição, com dez pontos. Já a Pantera do Noroeste ainda não venceu na competição e permanece na penúltima colocação, com dois pontos.

Na próxima rodada, o Penapolense visita a Inter de Limeira, sábado (9), às 18h (de Brasília), no estádio Major Levy Sobrinho. No domingo (10), a Portuguesa Santista encara o líder do campeonato, o Água Santa, às 10h, em Ulrico Mursa.

Briosa vence de virada o Penapolense e cola nos líderes do campeonato (Foto: Silas Reche/CAP)

Susto no início e domínio da Briosa

O Penapolense abriu o placar logo nos minutos inicias da partida. Em recuo de Balardin para o John Victor, Osmar dividiu com o goleiro da Portuguesa e a bola foi parar no fundo das redes.

Após o gol sofrido, a Briosa foi quem teve o domínio do jogo na primeira etapa. A equipe do técnico Sérgio Guedes buscava o empate e chegava com perigo ao gol de Samuel Pires, principalmente com Rodriguinho e Diego Palhinha.

O Penapolense, que esperava encaixar um contra-ataque, quase ampliou o placar novamente com Osmar. Aos 22 minutos, Rafael Sião achou o atacante livre de marcação, mas o camisa 11 da Pantera mandou a bola por cima da meta santista.

Carlos Alberto e Rayllan garantem os três pontos

No segundo tempo, o cenário do jogo não mudou muito em relação aos primeiros 45 minutos. A Briosa insistia no campo de ataque, enquanto o time do interior chegava com perigo em bolas paradas.

Destaque da equipe de Penápolis, o goleiro Samuel salvou o gol de empate da Briosa em duas oportunidades. Entretanto, depois de tanto persistir, a Briosa igualou o marcador. Aos 29 minutos, Carlos Alberto driblou dois zagueiros na grande área e chutou cruzado no canto direito do goleiro.

Não satisfeito com o resultado, a Portuguesa foi para cima e buscou a virada. Aos 41 minutos, Rayllan recebeu na entrada da área e bateu na direita de Samuel, que não conseguiu evitar a derrota dos donos da casa.

Tudo sobre: