EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

18 de Outubro de 2019

Daniel Bueno avalia jogo da Portuguesa, fala sobre calor intenso e foca em duelo contra o Atibaia

O atacante foi o autor do único gol do confronto entre Portuguesa Santista e Juventus, válido pela A2, realizado neste domingo (24)

A casa era da Portuguesa Santista, e o jogo também foi. A vitória com o placar magro de 1 a 0 da Briosa diante do Juventus, em Ulrico Mursa, na manhã deste domingo (24), não traduz com exatidão como foi a partida, dominada pela equipe rubro-verde ao longo dos 90 minutos. Quem falou sobre isso foi o responsável pelo único gol da partida válida pelo Campeonato Paulista da Série A-2, o atacante Daniel Bueno.

"O Juventus teve o objetivo de empatar esse jogo. Colocou três zagueiros, dois volantes, e, no segundo tempo, fez a linha de cinco na defesa. Todo mundo percebeu que a gente ficou em cima. Os adversários não conseguiram dar um chute ao gol e a gente ficou martelando, martelando. Coisa de trabalho mesmo. Treinamos bastante durante a semana a bola de escanteio, e eu pude estar na área para dar essa vitória à Briosa", disse o camisa 9.

O jogador, que foi um dos reforços da Portuguesa para a temporada 2019, entrou de titular contra a equipe da Mooca substituindo o artilheiro do time, Rodriguinho. Daniel classificou a disputa pela vaga no time que sai jogando como saudável. "Não vai ter problema nenhum eu voltar para o banco. Mas, se o Sérgio Guedes optar por colocar nós dois de titulares, como já aconteceu contra o XV de Piracicaba, estaremos prontos novamente", afirmou.

"Isso vai depender também do adversário. Se o técnico optar por usar eu e o Rodriguinho ao mesmo tempo, a gente vai dar o máximo. E aí, vamos ver o que o adversário vai fazer para marcar nós dois", complementou, antes de exaltar o trabalho do treinador: "O Sérgio não monta times para ficar em meio de tabela ou para brigar para não cair".

Calor excessivo e foco no Atibaia

O termômetro marcava algo em torno dos 37ºC no momento do jogo entre a Briosa e o Moleque Travesso. "Com esse calor, o desgaste acontece mais rápido. A gente perde peso, a pressão começa a cair. Me pesei ali no vestiário e vi que tinha perdido quase 4 kg. Então, temos que nos hidratar bem. Eu, particularmente, tenho que tomar mais litros de água, porque comer é mais difícil", comentou o jogador.

"Agora, vamos nos hidratar bastante para estarmos firmes nos treinamentos desta semana para pegar o Atibaia no próximo sábado. A partida deste domingo acabou. Ganhamos os três pontos e ninguém pensa mais no Juventus. É pensar no Atibaia", concluiu.

O duelo entre a Portuguesa Santista, quarta colocada na tabela da A2, e o Atibaia, que ocupa a 13ª posição, será realizado no próximo dia 2, às 15h (de Brasília), no Estádio Décio Vitta, em Americana. Na décima rodada, Sérgio Guedes poderá contar novamente com Rodriguinho, Acleisson e Rafael Ferro, que cumpriram suspensão contra o Juventus.

Tudo sobre: