EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

22 de Maio de 2019

Carlos Alberto marca e Portuguesa Santista vence o Sertãozinho em Ulrico Mursa

Pela 11ª rodada do Paulista A2, a Briosa fez 1 a 0 diante do Touro dos Canaviais e voltou para a terceira posição na tabela

Pela 11ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2, a Portuguesa Santista recepcionou o Sertãozinho em Ulrico Mursa na manhã deste domingo (10). A Briosa fez valer o bom momento que vive na competição e venceu por 1 a 0. A bola partiu dos pés de Carlos Alberto para encontrar o fundo da rede do time do interior paulista. O camisa 8 anotou seu quarto gol na temporada.

Com o resultado, a Briosa retorna ao terceiro lugar na tabela de classificação, ultrapassando o Rio Claro, e, agora, acumula 20 pontos. O Sertãozinho, por sua vez, ocupa a 12ª posição na tabela e só tem 10 pontos no campeonato até agora.

O jogo

O primeiro tempo começou favorável para a Portuguesa, com o time da casa desbloqueando o placar no início da partida logo aos sete minutos de bola rolando. Carlos Alberto se desvencilhou da marcação, achou um espaço na defesa do Touro dos Canaviais e bateu de média distância no canto do goleiro João Guilherme.

A Briosa manteve o ritmo ofensivo e tinha o jogo nas mãos em termos de posse e chegadas ao ataque. Pouco tempo depois do gol, na marca dos 10 minutos, a equipe rubro-verde teve uma grande chance com Boré. O lateral-esquerdo finalizou de longe e a bola passou muito perto da meta do Sertãozinho. 

No fim da etapa inicial, o time da casa levava perigo ao oponente com Wendell. O atacante, no entanto, foi interrompido por um defensor do Touro e caiu na área, o que levou os jogadores da Briosa a reclamarem com o árbitro que havia sido pênalti. Os protestos seguiram até depois do apito que decretou o fim do primeiro tempo.

O Sertãozinho, que quase não passou do meio-campo na etapa inicial, voltou do intervalo avançando mais ao campo da Briosa. As melhores oportunidades, porém, partiram do time rubro-verde. Oportunidades estas que foram desperdiçadas pela Portuguesa.

Uma das ocasiões foi protagonizada por Rodriguinho. O atacante recebeu na área, mas demorou para bater e perdeu um gol de cara com o goleiro, que se antecipou na jogada.

Wendell também teve uma boa chance, perdida. A bola sobrou para ele depois de uma cobrança de escanteio e, de primeira, ele errou. No fim do jogo, foi a vez de Diego Palhinha ficar perto de ampliar o placar, mas, de frente com o goleiro, o meia mandou para fora.

Próxima rodada

Faltam apenas quatro rodadas para o fim da primeira fase da A2. Na próxima partida, a Briosa visita a Inter de Limeira no Estádio Municipal Major José Levy Sobrinho para tentar se fincar na zona de classificação. O jogo será no próximo domingo (17), às 19h. Já o Sertãozinho não precisará viajar. A equipe recebe o Votuporanguense no sábado (16), às 19h, no Estádio Municipal Frederico Dalmaso.

Ficha técnica:

Portuguesa Santista 1 x 0 Sertãozinho

Local: Estádio Ulrico Mursa (Santos-SP)

Árbitro: Humberto José Junior

Assistentes: Leandro Alves de Souza e Leandra Aires Cossette

Gols: Carlos Alberto, aos 7 minutos do primeiro tempo (Portuguesa Santista)

Público e renda: 1.504 pagantes / R$ 22.620

Escalações:

Portuguesa Santista: John; Rafael Ferro, Balardin, Luiz Eduardo e Boré; Acleisson, Carlos Alberto, Tufa (Diogo Lopes) e Diego Palhinha; Wendell (Rayllan) e Rodriguinho (Daniel Bueno). Técnico: Sérgio Guedes

Sertãozinho: João Guilherme; Lucas Oliveira, Vinícius Gouvêa, Bruno Maia, e Cesinha; Jessé, Mateus Cancian (Maycon), Diego Luís e Sandro (João Gabriel); Élder Santana e Alex Gonçalves. Técnico: José Carlos Serrão