Palmeiras ganha do Juventude fora de casa e encosta no topo do Brasileirão

Em Caxias do Sul, Verdão venceu e chegou à vice-liderança

Por: Estadão Conteúdo  -  21/05/22  -  21:20
Zé Rafael, Rony e Gabriel Menino marcaram os gols da vitória palmeirense em Caxias do Sul
Zé Rafael, Rony e Gabriel Menino marcaram os gols da vitória palmeirense em Caxias do Sul   Foto: Divulgação/Palmeiras

O Palmeiras chegou à vice-liderança do Campeonato Brasileiro ao superar o Juventude fora de casa por 3 a 0, neste sábado, em Caxias do Sul. Com um futebol eficiente, o time paulista fez dois gols no primeiro tempo, o terceiro nos acréscimos da etapa final, e garantiu um importante resultado na competição.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


Com a vitória, o Palmeiras chega aos 12 pontos e fica com um a menos que o líder Corinthians, que disputa com o São Paulo o clássico neste domingo, na Neo Química Arena. A vice-liderança é provisória porque o time ainda por ser ultrapassado pelo Botafogo, que entra em campo ainda neste sábado. Mas mostra a reação da equipe na competição e confirma o favoritismo do time que deve brigar pelo título.


Com muitos desfalques, sendo as principais ausências o meia Raphael Veiga, com virose, e o zagueiro Gustavo Gómez, suspenso, o técnico Abel Ferreira optou por Kuscevic e Murilo como dupla de zaga e escalou Gustavo Scarpa como meia, dando chance para o atacante Rafael Navarro na frente.


A formação deu certo e após tomar um susto na cabeçada de Ruíz, para fora, a equipe alviverde logo abriu o marcador em uma jogada manjada. Dudu avançou pela direita e cruzou para trás, na direção de Zé Rafael. O meio-campista chutou de canhota, no canto, da entrada da área, e fez o primeiro.


O gol cedo deu uma tranquilidade para os visitantes e desmoronou a estratégia do Juventude, que sentiu o golpe e pouco conseguiu produzir depois disso. Do outro lado, o Palmeiras teve duas boas chances, ambas com Scarpa, até que, aos 30 minutos, Rony aproveitou uma sobra na cobrança de escanteio e fez o segundo.


Em desvantagem, o técnico Eduardo Baptista mexeu no time, mas o Palmeiras conseguiu se defender bem e ainda levou perigo em algumas jogadas de contra-ataque. O time da casa insistiu, chegou a assustar em pelo menos duas oportunidades, mas Abel Ferreira manteve o ritmo de marcação, substituindo atletas, e ainda festejou o gol de Gabriel Menino nos acréscimos para voltar de Caxias do Sul com os três pontos na bagagem.


Logo A Tribuna