EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

12 de Dezembro de 2019

Palmeiras confirma as chegadas de Luiz Adriano e Henrique Dourado como reforços

Luiz Adriano assinou por quatro temporadas. Já Henrique Dourado fechou contrato de empréstimo até o fim do ano

O Palmeiras confirmou nesta terça-feira (30) a contratação de dois atacantes. Luiz Adriano, de 32 anos, deixou o Spartak de Moscou, da Rússia, para assinar vínculo por quatro temporadas. Já Henrique Dourado, de 30, fechou contrato de empréstimo até o fim do ano após ser liberado pelo Henan Jianye, da China, que pagará inclusive os salários dele.

Dourado já passou pela equipe alviverde em 2014, quando marcou 18 gols em 39 jogos. Ele foi, inclusive, o autor do primeiro gol oficial do Palmeiras no Allianz Parque, há cinco anos. O atacante defendeu o clube entre abril e dezembro daquele ano e foi o vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 16 gols. Após deixar o Palmeiras, o jogador defendeu no Brasil o Cruzeiro, o Fluminense e o Flamengo. Em fevereiro deste ano, ele se transferiu para a China, mas fraturou a perna logo na estreia.

O atacante já trabalhou com o elenco na Academia de Futebol nos últimos dias. Segundo o técnico Luiz Felipe Scolari, Dourado vai precisar de mais umas semanas para se recuperar da fratura para poder ter condições de estrear. Na segunda-feira, o clube também anunciou a chegada de outro reforço, o zagueiro Vitor Hugo, que assinou por cinco temporadas.

Luiz Adriano reforça o Palmeiras após rescindir com o Spartak. Apesar de ter contrato válido até o fim do próximo ano, o atacante acordou com os russos que ficaria com 50% dos próprios direitos econômicos em troca de liquidar algumas dívidas. O Palmeiras ficará com os outros 50%, além de se responsabilizar para pagar salários e a comissão pela transferência.

O atacante deixou o futebol brasileiro em 2007, meses antes de completar 20 anos. Na Europa, ele defendeu o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, o Milan, da Itália, e estava desde 2017 no Spartak. Luiz Adriano teve também passagens pela seleção brasileira. A chegada do reforço tem o aval do técnico Luiz Felipe Scolari.

Tudo sobre: