EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

15 de Julho de 2020

Felipe Melo reforça admiração pelo Boca Juniors: 'Desde pequeno sempre gostei'

Volante disse não ter medo de revelar os times que admira, mas reiterou estar focado no Palmeiras

O zagueiro e volante Felipe Melo, do Palmeiras, concedeu uma longa entrevista ao jornal Olé, da Argentina, e voltou a abordar a identificação com o Boca Juniors. Perto de completar 37 anos, o jogador disse que acompanha a equipe argentina há tempos, revelou ser fã de vários ídolos do clube e abriu a possibilidade de no futuro defender o time, algo que já foi cogitado anteriormente inclusive por parte de dirigentes argentinos.

Felipe Melo contou que a admiração pelo Boca Juniors começou quando ainda era criança e via Diego Maradona jogar. Depois, já adulto, se encantou pelo ambiente de fanatismo no estádio La Bombonera, chamada por ele de "mítica". "Eu amava o (zagueiro) Schiavi, que já me mandou mensagem no Instagram para que pudéssemos manter contato. O Palermo, que não tinha tanta qualidade, mas marcava muitos gols. E o Riquelme que, enfim, fazia coisas incríveis", relembrou o volante, que citou também a passagem de destaque do atacante Iarley pelo time argentino. "Desde pequeno sempre gostei do Boca Juniors", completou.

No ano passado, o candidato à presidência do Boca Juniors José Beraldi disse que gostaria de levar Felipe Melo para o clube caso vencesse a disputa. Embora ele tenha perdido o pleito, o brasileiro não descarta um dia fazer parte do time argentino. "Eu não sei o que pode acontecer amanhã. Eu tento fazer o meu melhor hoje, porque você não sabe o que vai acontecer amanhã", comentou.

A ligação entre Felipe Melo e Boca Juniors teve novos desdobramentos neste ano, quando o clube foi campeão argentino e o brasileiro divulgou um vídeo em que comemorava a conquista. "O que faço é de coração. Eu achei mesmo que o Boca seria campeão", disse. O jogador guarda em casa uma camisa da equipe xeneize dada de presente pelo ex-colega de Palmeiras, o zagueiro Tobio.

Apesar das declarações de amor ao Boca Juniors, Felipe Melo reitera que está focado no Palmeiras e diz não ter medo de revelar os times que admira. "Eu não quero sair do Palmeiras. Hoje eu amo eu o Palmeiras. Boca é uma paixão argentina, mas na Libertadores eu sou do Palmeiras", afirmou.

Tudo sobre: