Em contagem regressiva para o título, Palmeiras evita ansiedade contra o Paraná

Sem chances de ser campeão nesta rodada, o Verdão pode garantir a taça na próxima quarta

Por: Do Estadão Conteúdo  -  18/11/18  -  14:09
Palmeiras conta os dias para soltar o grito de campeão
Palmeiras conta os dias para soltar o grito de campeão   Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras

O torcedor do Palmeiras que fazia contas e esperava que a equipe conquistasse o título do Campeonato Brasileiro neste domingo (18) contra o Paraná, às 17 horas, no Estádio do Café, em Londrina, terá de esperar pelo menos mais uma rodada. Restando quatro jogos para o fim, o time tem cinco pontos de vantagem (70 a 65) para o segundo colocado, Internacional, que venceu o América-MG na última quinta-feira e, assim, impediu o Alviverde de ser campeão já neste domingo.


Se o Palmeiras vencer o Paraná e o Internacional perder para o Botafogo, no Rio de Janeiro, a distância chegará a oito pontos, mas com nove em disputa – o que, óbvio, poderia ser tirado pelo clube gaúcho. O Flamengo, terceiro colocado, soma 63 pontos e matematicamente também pode ficar com o título.

Sem chances de ser campeão nesta rodada, o Palmeiras pode garantir a taça diante da sua torcida na próxima quarta-feira, quando recebe o América-MG no Allianz Parque. Os jogadores, no entanto, evitam fazer contas e projeções


“Teoricamente, segundo falavam, as últimas cinco partidas seriam mais tranquilas, mas não serão. A gente faz o jogo ficar fácil ou difícil. Não tem esse clima de festa”, disse o volante Thiago Santos, que disputa com Felipe Melo uma vaga no meio de campo na partida de hoje.


O principal destaque do Palmeiras no Brasileirão é a regularidade da equipe, por isso a torcida confia que o título não demorará a chegar. O time está invicto há 19 rodadas e igualou o recorde do Corinthians do ano passado.


Luan fora


O técnico Luiz Felipe Scolari tem apenas um desfalque: o zagueiro Luan cumprirá suspensão por causa do acúmulo de três cartões amarelos. Edu Dracena pode formar dupla de zaga com Antônio Carlos. Outra opção é o paraguaio Gustavo Gómez.


O atacante Deyverson cumpriu suspensão contra o Fluminense, na última quarta-feira, e está à disposição para pegar o Paraná. O colombiano Borja, no entanto, deve ser mantido no ataque.


Logo A Tribuna