Tsitsipas abandona na 2ª rodada do Masters de Paris em dia de quedas de favoritos

Tenista grego não suportou as dores no braço direito, e desistiu da partida quando perdia por 4 a 2

Por: Estadão Conteúdo  -  04/11/21  -  00:01
 Além do grego, despediram-se da competição Andrey Rublev, Jannik Sinner, Félix Auger-Aliassime, Diego Schwartzman e Pablo Busta
Além do grego, despediram-se da competição Andrey Rublev, Jannik Sinner, Félix Auger-Aliassime, Diego Schwartzman e Pablo Busta   Foto: Reprodução/Flickr

A quarta-feira no Masters 1000 de Paris ficou marcada pelo abandono de Stefanos Tsitsipas ainda na segunda rodada e pela eliminação precoce de cinco cabeças de chave do Top 15. Além do grego, despediram-se da competição o russo Andrey Rublev (5º), o italiano Jannik Sinner (8º), o canadense Félix Auger-Aliassime (9º), o argentino Diego Schwartzman (11º) e o espanhol Pablo Carreño Busta (12º).


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


Terceiro cabeça de chave no Masters de Paris, Tsitsipas jogou apenas seis games contra o australiano Alexei Popyrin. Depois de bye na primeira rodada, o grego não suportou as dores no braço direito e abandonou quando perdia por 4 a 2.


Tsitsipas não conseguiu completar um set em Paris, já Rublev jogou dois, mas também caiu em seu primeiro jogo. O cabeça de chave 5 foi surpreendido pelo americano Taylor Fritz, com derrota por 7/5 e 7/6 (7/2).


Sinner caiu por 2 a 0 diante de Carlos Alcaraz, com 7/6 (7/1) e 7/5, Auger-Aliassime perdeu por 6/3 e 7/5 do alemão Dominik Koepfer e Schwartzman deu adeus contra Marcos Giron, em duplo tie-break, com 7/6 (7/2) e 7/6 (7/4). Por fim, Carreño Busta levou a virada de Hugo Gaston, após fazer 7/6 (7/3) no primeiro set. O francês foi melhor nas parciais seguintes, avançando com 6/4 e 7/5.


O dia, contudo, não foi apenas de resultados ruins para os favoritos. O russo Daniil Medvedev, número 2 do mundo, não teve dificuldades para passar por Ilya Ivashka com 6/4 e 7/5. Já o alemão Alexander Zverev, número 4, passou pelo croata Dusan Lajovic, com 6/3 e 7/6 (7/5). O polonês Hubert Hurcakz (cabeça sete) superou o americano Tommy Paul com 7/5 e 7/6 (7/4).


Vitória brasileira
Ao lado de Jamie Murray, o brasileiro Bruno Soares estreou bem em Paris. Eles ganharam do argentino Andrés Molteni e do mexicano Santiago González com 7/6 (7/2) e 6/2.


Tudo sobre:
Logo A Tribuna
Newsletter